Governador do Rio prioriza proteção dos reféns de ônibus sequestrado

Publicado em 20/08/2019 - 09:16 Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, se pronunciou em sua conta no Twitter sobre o sequestro de um ônibus que ocorre desde antes das 6h na Ponte Rio-Niterói. Segundo ele, a prioridade é manter a segurança dos reféns.

“Estou acompanhando desde cedo, com atenção, o sequestro do ônibus na ponte Rio Niterói. Estou em contato direto com o comando da Polícia Militar, que trabalha para encerrar o caso da melhor maneira possível. A prioridade absoluta é a proteção dos reféns”, disse o governador na rede social.

O sequestro começou pouco antes das 6h, com o ônibus sendo atravessado na pista no sentido Rio, na altura do vão central. Um pouco depois de 7h30 a pista sentido Niterói também foi interditada. Minutos antes das 8h mais um homem foi liberado, em troca de uma caixa entregue pela polícia. Não se sabe o conteúdo. Mais uma mulher, que desmaiou em seguida, foi liberada depois das 8h30, totalizando seis reféns liberados.

O Porta-voz da PM, coronel Mauro Fliess, informou que o total de reféns chegou a 37, incluído o motorista do coletivo. Segundo as primeiras informações, ainda não confirmadas, o sequestrador está armado e se identificou como policial militar.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, foi implantada uma faixa reversível na ponte para liberar os carros que ficaram retidos na ponte. Tiros foram ouvidos por volta das 9h, mas ainda não há informações sobre o que ocorreu.

O ônibus é executivo, com insulfilme nos vidros, o que impossibilita visualizar o interior do veículo. Barcos da Marinha e do Corpo de Bombeiros dão suporte à operação. As negociações com o sequestrador foram iniciadas pela Polícia Rodoviária Federal e depois conduzidas pelo Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar.

Os secretários de Estado de Polícia Militar, Rogério Figueredo, e de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga, acompanham a ação da polícia no local da ocorrência e cancelaram a apresentação que fariam às 11h sobre os dados do mês de julho do Instituto de Segurança Pública.

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
 senador Marcos Rogério (DEM-RO)
Política

Senado  ratifica o Protocolo de Nagoia no Brasil

Documento aprovado no Senado regulamenta o acesso e a repartição de benefícios dos recursos genéticos da biodiversidade. O texto segue para promulgação.

Live da Semana - Presidente Jair Bolsonaro - 06/08/2020
Política

Pazuello diz que estados estão mais preparados para enfrentar pandemia

Ministro interino da Saúde participou de live ao lado do presidente. Mudança de protocolo do ministério foi um dos fatores que deixou estados mais preparados.

A cúpula  maior, voltada para cima, abriga o Plenário da Câmara dos Deputados.
Política

Senado aprova redução de prazos para revalidação de diplomas

O PL prevê a revalidação em prazo entre 30 e 60 dias no caso de instituições estrangeiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e contam com um processo simplificado. 

Escola fechada por cinco dias após relatos de coronavírus.
Justiça

Justiça suspende retorno das aulas presenciais na rede privada do DF

A retomada foi autorizada na terça-feira pela primeira instância após outra decisão que a proibiu. Algumas escolas chegaram a retomar as atividades nesta quinta-feira.

Saúde

Ministério da Saúde monitora síndrome em crianças associada à covid-19

Síndrome inflamatória multissistêmica ocorre em crianças de 7 meses a 16 anos. Até agora, foram notificados 71 casos no Brasil e registradas três mortes.

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.