Ministro comemora manutenção de veto à franquia de bagagem em avião

Publicado em 26/09/2019 - 17:52 Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou hoje (26) a decisão do Congresso Nacional de manter o veto presidencial ao dispositivo da Medida Provisória (MP) 863 que restituiria aos passageiros o direito de transportar gratuitamente uma mala com até 23 quilos em voos nacionais em aeronaves com 31 assentos ou mais.

“Agradeço ao Parlamento brasileiro, aos senadores e deputados, pela responsável medida de manter o veto”, disse o ministro em entrevista a veículos da Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

Ouça na Rádio Nacional:

Segundo o ministro, a volta da franquia mínima de bagagem no transporte aéreo doméstico, sem cobrança adicional, desestimularia a vinda de novas empresas para atuar no mercado nacional.

“Isto [a permissão para cobrança por despacho de mala] é fundamental para conseguirmos atrair cada vez mais empresas low cost [companhias aéreas de baixo custo] e também outras empresas que queiram operar no espaço aéreo brasileiro”, afirmou. “Todos sabemos que só vamos conseguir melhorar a qualidade dos serviços e reduzir os preços das passagens à medida em que tivermos maior concorrência.”

A obrigatoriedade das companhias aéreas oferecerem aos passageiros uma franquia mínima de bagagens despachadas foi extinta  em dezembro de 2016 pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e entrou em vigor em março de 2017. Posteriormente, a Câmara dos Deputados incluiu, na tramitação da Medida Provisória (MP) 863, sobre autorização de até 100% de capital estrangeiro em empresas aéreas, uma emenda parlamentar que tentava restituir o direito dos usuários despacharem uma mala com até 23 quilos sem qualquer ônus.

Em junho deste ano, o presidente Jair Bolsonaro decidiu vetar o ponto incluído na MP 863, mantendo a cobrança pela bagagem. Na ocasião, o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rego Barros, declarou que Bolsonaro agiu por razões de interesse público, levando em conta as consequências que a suspensão da obrigatoriedade para o mercado nacional.

Com o veto presidencial, o assunto voltou a ser analisado pelo Congresso Nacional. Para derrubar o veto e extinguir a cobrança seriam necessários 257 votos. O total de votos contrários ao veto chegou a 247. Cento e oitenta e sete parlamentares se manifestaram a favor da cobrança.

“A manutenção do veto foi importante. Somente na China, na Coreia e na Venezuela que [o despacho da] bagagem não é cobrada. Entre aspas, pois isto é embutido no preço [total das passagens]”, acrescentou o ministro do Turismo.

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Profissional de saúde com equipamento de proteção individual
Saúde

Estado do Rio chega a 174 mil casos e quase 14 mil mortes por covid-19

São 1.385 casos e 86 óbitos a mais registrados em 24 horas, desde ontem. Desde o início da pandemia, 155.312 pacientes se recuperaram da doença no estado.

Teste da vacina contra a doença de coronavírus (COVID-19) na Tailândia
Saúde

Bolsonaro assina MP para viabilizar vacina contra covid-19

Vacina contra a covid-19 foi desenvolvida pela Universidade de Oxford (Inglaterra) e está sendo testada no Brasil por meio de uma parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Homem produz máscaras caseiras durante a pandemia do novo coronavírus no distrito de Kreuzberg, Berlin, Alemanha
Saúde

Nova Friburgo vai ganhar Centro de Pesquisa e Inovação em EPIs

Objetivo é garantir qualidade aos produtos feitos no Brasil e dar suporte à indústria para adaptação de linhas de produção, uso de tecnologia e capacitação.

Guilherme Arana revela saudade dos jogos
Esportes

Arana projeta boa estreia do Atlético-MG contra o Fla no Brasileirão

Lateral-esquerdo confia nas qualidades do time para um bom campeonato: juventude e velocidade. O primeiro duelo será no domingo, às 16h, no Maracanã. 

Incêndio no Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Divulgação/Parnaso)
Geral

Bombeiros combatem fogo na Serra dos Órgãos pelo terceiro dia seguido

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país e costuma ser procurado para prática de esportes de montanha, como escalada, caminhada e rapel.

Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Geral

STF: teto constitucional incide sobre soma de pensão e aposentadoria

Com a decisão, o valor dos ganhos não pode ultrapassar R$ 39,2 mil, valor do salário dos ministros da Corte, que foi definido pela Constituição como teto.