Rio inaugura maior roda-gigante da América Latina em dezembro

Os passeios vão ocorrer das 10h às 18h

Publicado em 19/10/2019 - 16:45 Por Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A roda-gigante Rio Star será a maior da América Latina, com 88 metros de altura, e a volta completa vai durar 15 minutos. O público se acomodará em 54 gôndola [cabine] com capacidade para até oito passageiros, e os passeios vão ocorrer das 10h às 18h, com a possibilidade de horário estendido na alta temporada.

"Acredito muito que o público carioca vai abraçar a roda-gigante, que vai querer vir conhecer e ter essa visão a 88 metros de altura", disse o diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordin.

Sem revelar as promoções, Bordin promete que haverá preços especiais para cariocas, que devem ser parte importante do público, estimado em 3 mil pessoas por dia. Fazendo as contas, são cerca de 1 milhão de pessoas por ano.

A montagem da estrutura metálica que já se destaca na paisagem da zona portuária do Rio de Janeiro terminou na semana passada, e técnicos do país asiático agora trabalham na finalização elétrica e hidráulica da atração, que receberá seus primeiros visitantes na segunda quinzena de novembro. Foram três carregamentos de navio para trazer todo o material da Roda Gigante Rio Star da China.

O projeto nasceu de uma licitação da Prefeitura do Rio de Janeiro para a construção de um parque temático na região, próxima do Aquário do Rio de Janeiro. Diretor executivo Fábio Bordin, conta que a obra começou em dezembro do ano passado, e o maior desafio foi "tropicalizar" a Roda Gigante, 100% encomendada na China.

"Fomos para a China com nossos engenheiros e especificamos como deveria ser a estruturação toda, para que ela viesse para o Brasil preparada para a questão da maresia, situação do mar, tipo de aço. Tudo isso foi feito anteriormente", diz o executivo.

Os ingressos vão custar R$ 59, mas quem comprar pela internet terá R$ 10 de desconto. Na primeira fase de operação, entre novembro e a primeira quinzena de dezembro só serão vendidos ingressos na bilheteria. Somente após a inauguração oficial, marcada para dezembro, será possível fazer a compra antecipada pela internet.

Empregos diretos

Nos próximos dias, a roda-gigante será repintada, para cobrir danos causados no acabamento pela viagem de navio. Também estão em fase de conclusão a construção do restaurante, da sede administrativa e da loja de souvenirs, que vão compor o complexo. O primeiro giro da estrutura deve acontecer nos próximos 10 dias, entre 25 e 30 de outubro.  

A Rio Star deve gerar 60 empregos diretos e mais 60 indiretos, e parte dessas vagas foi reservada para moradores da região, especialmente do Morro da Providência, que é vizinho da atração turística. Uma fila se formou na Estação Gamboa do Teleférico da Providência na semana retrasada, e mais de 900 pessoas se cadastraram para concorrer às vagas, que incluem atendimento ao cliente, caixa, vendedor de loja e gastronomia. A parte das vagas ligada à operação técnica da roda gigante já está preenchida por profissionais que acompanham a execução do projeto.

O presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto (Cdurp), Tarquínio de Almeida, afirma que a expectativa para a inauguração é a melhor possível, porque a Rio Star se tornou um atrativo para intenções de negócios e eventos na região. A companhia representa a prefeitura na gestão urbana da região do porto, que é concedida à Concessionária Porto Novo. 

Edição: Valéria Aguiar

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Força Nacional de Segurança Pública atuará em Moçambique. Vinte bombeiros auxiliarão no resgate das vítimas do ciclone Idai que atingiu mais de 1,8 milhão de pessoas.
Geral

Bombeiros da Força Nacional vão combater incêndios em Mato Grosso

A Portaria 534/2020, assinada pelo ministro André Mendonça, atende pedido feito pelo governador Mauro Mendes e está publicada hoje no Diário Oficial da União. Equipe com 43 militares embarca nesta quarta-feira