Furnas busca projetos que defendam direitos de crianças e adolescentes

Publicado em 14/11/2019 - 17:50 Por Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Pela primeira vez, Furnas, a subsidiária da Eletrobras, decidiu abrir inscrições para que municípios inscrevam projetos relacionados à defesa dos direitos de crianças e adolescentes. As inscrições vão até o dia 18 deste mês e podem ser feitas pela internet. O edital prevê o total de R$ 500 mil para apoiar os projetos escolhidos.

A ação foi motivado por pesquisa da Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) que revelou que 22,6% das crianças e adolescentes entre zero e 14 anos que vivem no Brasil estão em situação de extrema pobreza.

De acordo com informação dada hoje (14) à Agência Brasil pelo gerente de Responsabilidade Sociocultural de Furnas, Marcos Machado, os conselhos municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente de todo país podem cadastrar propostas que contribuam para o fortalecimento dos direitos das crianças e dos adolescentes, por intermédio de organizações sociais locais e também podem apresentar propostas voltadas para a reestruturação dos próprios conselhos. “É importante para a gente. O assunto é bem relevante”.

Para essas duas modalidades de apoio, Furnas exige a elaboração de um Plano de Monitoramento e Avaliação. As atividades selecionadas serão acompanhadas por Furnas durante um ano. Não há limite financeiro para cada projeto a ser apresentado. Marcos Machado disse que o foco das propostas pode ser, por exemplo, reforma de escolas ou criação de bandas de música que retirem a criança de ambientes negativos.

A divulgação dos selecionados está prevista para o dia 29 deste mês e os projetos começarão a ser apoiados em dezembro. Dúvidas poderão ser tiradas no e-mail grsp@furnas.com.br ou no telefone (21) 2528-2593.

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

A busca pela promoção da cidadania e do desenvolvimento humano, em linha com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), é um dos compromissos de Furnas para a proteção à criança e ao adolescente. A Campanha Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e o Programa Empresa Amiga da Criança são dados como exemplos desse compromisso.

O Cenário da Criança e do Adolescente 2019, divulgado este ano pela Abrinq, revela que as piores condições sociais para as crianças e adolescentes foram encontradas nas regiões Norte (41,6%), Nordeste (36,3%) e Sudeste (29,9%). O levantamento mostra que 16,4% das adolescentes são mães antes dos 19 anos, 2,5 milhões de crianças e adolescentes até 17 anos trabalham, 11,7 mil crianças e adolescentes foram vítimas de homicídios em 2017.

Linguagens culturais

Furnas comunicou também hoje a abertura de inscrições para projetos culturais em diferentes linguagens de artistas de todo o país para participação na programação do Cine Furnas Cultural, no município de São José da Barra (MG), no próximo ano. Esse é o segundo edital cultural para o equipamento de Furnas na cidade, que atende a todos os municípios do entorno. “O primeiro (edital) foi um sucesso. Na verdade, a gente está levando cultura como uma ferramenta de integração social”, disse Machado. As inscrições serão encerradas no dia 4 de dezembro.

Os espetáculos de música e teatro são sempre gratuitos. Os que forem selecionados no presente edital ocuparão o espaço cultural da empresa localizado na usina local de Furnas. “A ideia é ter uma programação mensal, como foi feito no ano passado. É um auditório com 320 lugares e a gente está beneficiando toda a população do entorno”.

Serão investidos nos projetos R$ 150 mil, com valores abaixo de R$ 20 mil por projeto, sem recursos da Lei 8.313/1991 (Lei de Incentivo à Cultura). Marcos Machado salientou que o edital é uma oportunidade também de revelar novos talentos do país. “É muito importante que uma pessoa que não tem oportunidade de aparecer, de repente a gente dá essa oportunidade, por meio de um projeto, e ela desponta para a vida. Quem sabe não aparece um novo astro para o país?”, indagou o gerente de Responsabilidade Sociocultural de Furnas.

Os projetos aprovados serão divulgados no dia 23 de janeiro de 2020 no ‘site’ de Furnas, porque exigem uma análise mais minuciosa, segundo Marcos Machado. Os projetos serão apoiados ao longo de 2020, integrando a programação do Cine Furnas Cultural de março a dezembro.
No período de 2016 a 2019, o espaço abrigou 30 espetáculos, recebendo público superior a 5.300 pessoas.O regulamento e os documentos necessários para a inscrição de projetos são encontrados no site .

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias