Defesa Civil de Petrópolis mantém cidade em estado de atenção

Publicado em 04/01/2020 - 16:23 Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Defesa Civil de Petrópolis, na região serrana do Rio, ainda mantém a cidade em estado de atenção, porque há previsão de mais chuva durante o fim de semana. De hoje até amanhã, os institutos de pesquisa indicam a possibilidade de 65 milímetros de chuva. 

Equipes da prefeitura continuam as ações depois da chuva, que atingiu a cidade na tarde de quinta-feira (2). A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias registrou 90 ocorrências entre a tarde de quinta e manhã de hoje (4) causadas pela chuva, todas sem gravidade ou vítimas. O prefeito Bernardo Rossi garantiu que as equipes permanecerão atuando em diferentes frentes de trabalho até que tudo esteja concluído.

Imunização

A Secretaria de Saúde realiza uma ação no Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) do bairro de Corrêas para a imunização contra o tétano em pessoas que tiveram contato com alagamentos e lama. Os moradores do bairro receberam informações de como se prevenir das doenças que podem ser transmitidas pela água contaminada. 

Até a manhã deste sábado, de acordo com a Vigilância Epidemiológica, 47 pessoas foram atendidas no CRAS e foram aplicadas 26 doses. A prefeitura orientou as pessoas que não foram imunizadas e quiserem receber a dose contra o tétano, que se dirijam, de segunda a sexta-feira, a um dos 15 pontos de vacinação do município, onde a vacina antitetânica é disponibilizada.

Em muitos locais do município ainda existe acúmulo de lama e lixo. O trabalho de limpeza está sendo realizado pela Companhia Municipal de Desenvolvimento de Petrópolis (Comdep) e pelas secretarias de Serviços e de Obras. Hoje, as equipes estão fazendo a limpeza nos bairros Corrêas, Nogueira, Estrada da Saudade, Retiro, Morin, Caxambu e em ruas do centro.

O auxílio às famílias de localidades atingidas ficou a cargo das equipes da Defesa Civil e da Assistência Social, que começaram o atendimento ainda na quinta-feira. A Defesa Civil interditou 14 imóveis e os moradores estão em casas de parentes, acompanhadas pela Secretaria de Assistência Social (SAS). Técnicos da secretaria continuam com o trabalho de vistoria de imóveis neste sábado. O telefone da Defesa Civil é 199 e funciona 24 horas.

Rio

Na capital do estado permanece em estágio de normalidade, para o qual voltou ontem às 20h. O retorno foi possível, porque, segundo o Alerta Rio, houve redução nos acumulados de chuva na cidade e a previsão para as próximas horas é de chuva fraca a moderada. 

Antes da alteração o Rio estava em estágio de mobilização desde as 9h50 de sexta-feira.

O estágio de normalidade, primeiro em uma escala de cinco, significa que não há ocorrências de grande impacto. Apesar de poderem ocorrer pequenos incidentes, eles não interferem de forma significativa na rotina da população.

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias