PF desarticula quadrilha de roubo e venda de partes de veículos

Operação visa a cumprir 15 mandados de busca e apreensão

Publicado em 18/03/2020 - 12:07 Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil - São Paulo

 A Polícia Federal deflagrou hoje (18) uma operação para desarticular uma quadrilha especializada no roubo e na comercialização de partes e peças de veículos. A operação visa a cumprir 15 mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara de Organizações Criminosas e Lavagem de Dinheiro, do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. A Operação Verus Dominus ocorre nas cidades de Arapiraca (AL), Barreiras (BA), Goiânia e Aparecida de Goiânia (GO), Castelo (ES), Sinop (MT), Erechim (RS), São Paulo, Guarulhos e Mogi das Cruz (SP).

Segundo a Polícia Federal, a partir da investigação descobriu-se que diversas partes de veículos estavam sendo encaminhadas a outros estados com a utilização de notas fiscais falsas. Os valores dessas notas fiscais podem ser de mais de R$ 400 milhões. 

“O esquema é conhecido como de ‘empresas noteiras’, que existem só no papel e são utilizadas de maneira criminosa para emitir documentos fiscais, com o objetivo de registrar a saída de mercadorias. Esse esquema é muito utilizado para acobertar cargas roubadas, como as que foram identificadas durante a investigação”.

As ações estão sendo concentradas em pessoas físicas e jurídicas, especialmente em galpões que podem estar sendo utilizados pela quadrilha para guarda e adulteração de veículos. “Nesses locais, caso sejam encontradas partes de veículos em situação irregular, há a possibilidade de realização de prisões em flagrante por receptação, formação de quadrilha e adulteração de sinais de veículos automotores”.

 

Edição: Lílian Beraldo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Rio de Janeiro - O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Jorge Picciani, devolve para o governo estadual medidas que constavam no pacote de ajuste fiscal (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Geral

Velório de Picciani ocorre no salão principal da Alerj

Picciani morreu aos 66 anos, na madrugada de ontem, no hospital Vila Nova Star, em  São Paulo, onde estava internado desde o dia 8 de abril, para tratar de um câncer na bexiga