Governo vai ampliar Programa Forças do Esporte

O programa atende crianças e jovens em situação de vulnerabilidade

Publicado em 05/06/2020 - 19:12 Por Pedro Peduzzi - Repórter da Agência Brasil  - Brasília

O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, disse hoje (5) que, até daqui a duas semanas, o Ministério da Defesa receberá R$ 12 milhões para dar continuidade ao Programa Forças do Esporte (Profesp). A ideia é fazer com que o programa amplie de 30 mil para 40 mil o número de crianças atendidas.

Destinado ao atendimento de crianças, adolescentes e jovens com idade entre 6 e 18 anos em situação de vulnerabilidade social, o Profesp atua em 132 municípios, segundo o Ministério da Defesa, com o objetivo de, por meio da prática esportiva e de atividades sociais, fortalecer a cidadania e a inclusão social de seu público.

A declaração de Lorenzoni ocorreu durante a distribuição de kits de alimentação, na Base Aérea de Brasília.

“Estamos preparando uma nova transferência de recursos para o Ministério da Defesa para que o Profesp receba, dentro de no máximo duas semanas, R$ 12 milhões e que essa iniciativa possa ter sua atualização e continuidade ao longo de todo esse ano. O nosso sonho de atingir 40 mil crianças atendidas pelo Profesp vai, sim, ser desenvolvido no segundo semestre deste ano”, disse Onyx.

Os kits de alimentação vêm sendo entregues desde o início de abril. Mais de 29 mil kits já foram entregues.

O programa é uma parceria entre os ministérios da Cidadania, a quem cabe disponibilizar os recursos financeiros para a montagem dos kites, e da Defesa, que faz a distribuição com a ajuda das Forças Armadas.

Edição: Liliane Farias

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O Dia do Índio, celebrado no Brasil em 19 de abril
Direitos Humanos

Violência contra povos indígenas aumentou de 2018 para 2019, diz Cimi

Segundo relatório do Conselho Indigenista Missionário, houve aumento de ocorrências em 16 das 19 categorias de agressões, que incluem racismo, expropriação de terras e omissão do poder público.