PF deflagra operações para combater crimes eleitorais em dois estados

Polícia cumpriu mandados em cidades do Tocantins e do Piauí

Publicado em 06/11/2020 - 11:32 Por Agência Brasil - Brasília

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (6), duas operações de combate a crimes eleitorais, uma no  Piauí e outra no Tocantins. As diligências são cumpridas a pouco mais de uma semana para o primeiro turno das eleições municipais, marcado para 15 de novembro.

No Piauí, dez policiais foram às ruas de Parnaíba cumprir dois mandados de busca e apreensão em endereços comercial e residencial ligados a empresa de mídia digital da cidade suspeita de espalhar notícias falsas (fake news) relacionadas ao pleito. As diligências foram autorizadas pela 3ª zona eleitoral do município, a pedido do Ministério Público Eleitoral.

A operação, denominada Verbum Dubium, visa apurar "evidências da produção de conteúdo ofensivo a candidatos e servidores públicos, cuja difusão pelas redes sociais objetiva prejudicar o regular trâmite das Eleições 2020", informou a superintendência local da PF.

No Tocantins, 48 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela 16ª Zona Eleitoral de Colmeia. As diligências ocorrem nos municípios de Pequizeiro e Colinas.

Segundo a PF, a operação Alcofa apura indícios de abuso de poder político e econômico na região, com atos como “distribuição de cestas básicas, contratos de serviços em valores acima dos praticados no mercado com empresários locais e compra de apoio político”.

Nesta semana, a PF havia deflagrado outra operação para combater crimes eleitorais no Maranhão. O alvo foi um vereador suspeito de corrupção eleitoral. Segundo o órgão, o investigado “contava com apoio de um cabo eleitoral, que retinha os títulos eleitorais de pretensos eleitores, com a promessa do pagamento da quantia de R$50,00 em troca do voto”.

Edição: Aline Leal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias