Unasul quer facilitar circulação de sul-americanos

Publicado em 01/12/2014 - 16:49 Por Luana Lourenço – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe, Antonio José Ferreira Simões, fala sobre a reunião da Unasul a realizar-se em Quito, Equador, em 5 de dezembro (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

"Não é trabalho simples, envolve a legislação

de 12 países", diz o diplomata Antonio Simões
Fabio  Rodrigues  Pozzebom/Agência  Brasil

A circulação de cidadãos sul-americanos na região pode ser facilitada e funcionar em sistema parecido com o do Mercosul, em que os cidadãos dos países-membros circulam com documento de identidade, sem necessidade de passaporte e visto. A ideia será debatida durante a Reunião de Cúpula da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), nos próximos dias 4 e 5, no Equador.

De acordo com o subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe do Ministério das Relações Exteriores, Antônio Simões, a discussão passou por um grupo de trabalho técnico, que terá o relatório aprovado pelos chanceleres da Unasul.

“O grupo de trabalho fez um primeiro mapeamento do que precisa ser feito. O passo que vamos dar agora é dizer que vá adiante e examine as possibilidades de caminhar nessa direção. Não é trabalho simples, envolve a legislação de 12 países, as normativas de 12 países”, explicou.

A Unasul deverá aprovar também o estatuto e o regulamento da Escola Sul-americana de Defesa, que, segundo Simões, funcionará como um “centro de altos estudos, articulado para formação de civis e militares”, com cursos compartilhados e troca de experiências de defesa.

O bloco vai formalizar a criação de uma unidade técnica de coordenação eleitoral, para concentrar as atividades de observação de processos eleitorais na América do Sul. “A ideia é criar uma profissionalização do que são as missões da Unasul. Hoje você tem missões [de observação], mas é importante ter a unidade para criar um padrão Unasul de observação”, avaliou Simões.

A cúpula será dividida em duas etapas: a primeira na quinta-feira (4), em Guayaquil, com os chanceleres. A reunião dos chefes de Estado e de Governo será em Quito, na sexta-feira (5). Os líderes sul-americanos vão inaugurar a sede da entidade, batizada de Néstor Kirchner, em homenagem ao ex-presidente argentino, morto em 2010, e erguida na região conhecida como Mitad del Mundo (Metade do Mundo), porque está acima da Linha do Equador, que separa os dois hemisférios do Planeta.

Durante a reunião, haverá a transmissão da presidência pro tempore (por tempo determinado) da Unasul do Suriname para o Uruguai.

A presidenta Dilma Rousseff embarca quinta-feira, participa da cúpula em Quito e retorna ao Brasil sexta-feira. Ainda não há informação sobre possíveis reuniões bilaterais da presidenta com outros chefes de Estado, nem com o presidente do Equador, Rafael Correa, anfitrião da cúpula. É a primeira vez que Dilma visita o Equador como presidenta.

Na segunda metade de dezembro, Dilma tem outro compromisso da agenda de integração sul-americana: a Cúpula do Mercosul, na Argentina.  

Edição: Beto Coura

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Rebecca (esq) e Ana Patrícia
Esportes

Vôlei de praia: CBV anuncia datas do retorno do circuito nacional

As duas primeiras etapas, das cinco previstas, ocorrerão em Saquarema (RJ). As sedes das demais ainda não foram confirmadas e as disputadas devem ocorrer até dezembro.

Soccer Football - Brasileiro Championship - Palmeiras v Corinthians - Pacaembu Stadium, Sao Paulo, Brazil - November 9, 2019   Palmeiras' Bruno Henrique celebrates scoring their first goal   REUTERS/Rahel Patrasso
Esportes

Rivais divergem sobre testes da covid-19 antes de final do Paulistão

Com time confinado, Corinthians dispensa exames para detectar a presença do novo coronavírus. Palmeiras contesta posição do rival.

Brenda Castillo, líbero, Sesi Vôlei Bauru
Esportes

Sesi Bauru e Montes Claros América investem pesado em reforços

 A renomada líbero dominicana Brenda Castillo retorna ao time paulista. Quem também está de volta é o experiente Tiago Brendle, de 34 anos, que fechou com o clube mineiro.

Comércio da cidade do Rio de Janeiro funciona com restrições
Saúde

Estado do Rio tem 168.064 casos de covid-19 desde início da pandemia

Desde ontem foram registrados 32 óbitos e 839 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O estado soma agora 13.604 mortes pela doença e 144.850 pacientes recuperados. 

Hospital de campanha do Maracanã no Rio de Janeiro
Justiça

Justiça do Rio impede fechamento de hospitais de campanha

Segundo secretaria, hospitais de São Gonçalo e do Maracanã estão abertos, mas sem pacientes por causa de vagas em unidades regulares da rede estadual.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.