Líderes da UE vão debater situação da Ucrânia e novas sanções à Rússia

Publicado em 27/01/2015 - 11:42 Por Da Agência Lusa - Bruxelas

Os líderes da União Europeia (UE) vão debater a situação da Ucrânia na reunião de 12 de fevereiro e abrem a possibilidade de novas sanções à Rússia. O comunicado foi divulgado hoje (27) em Bruxelas.

Os chefes de Estado e de Governo da UE condenam "a morte de civis durante o bombardeio indiscriminado da cidade ucraniana de Mariupol", no sábado (24).

"Assinalamos, ainda, o continuado e crescente apoio dado aos separatistas pela Rússia, o que salienta a responsabilidade russa", diz o comunicado, que pede a Moscou que condene as ações dos separatistas no Leste da Ucrânia e aplique os acordos de Minsk – protocolo de 12 pontos para a paz na região.

Dada a degradação da situação, os líderes da UE pediram a seus ministros dos Negócios Estrangeiros, que se reúnam em caráter de urgência na quinta-feira (29), para analisar "novas medidas restritivas, com o objetivo de se chegar a uma rápida e abrangente aplicação dos acordos de Minsk".

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias