Papa denuncia corrupção e desigualdades durante visita às Filipinas

Publicado em 16/01/2015 - 07:52 Por Da Agência Lusa - Manila

O papa Francisco denunciou hoje (16) em Manila as “desigualdades sociais escandalosas” e proclamou sua “firme rejeição a toda forma de corrupção”.

É preciso "quebrar as correntes da injustiça e da opressão que dão origem a desigualdades sociais óbvias e realmente escandalosas", disse o papa às autoridades reunidas no Palácio Presidencial.

Todos devem proclamar sua "firme rejeição a todas as formas de corrupção, que desvia os recursos destinados aos pobres", acrescentou, no segundo dia de visita ao arquipélago das Filipinas.

Ontem, Francisco afirmou que a liberdade de expressão é direito fundamental, mas não permite "insultos à fé dos outros". Ele ressaltou, porém, que "matar em nome de Deus" é "uma aberração".

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Voltar ao topo da página