Estados Unidos fazem Cúpula contra o Extremismo Violento

Publicado em 18/02/2015 - 07:33 Por Leandra Felipe - Correspondente da Agência Brasil/EBC - Atlanta (EUA)

Começa hoje (18) em Washington uma reunião de cúpula internacional contra o extremismo violento. Promovido pela Casa Branca, o encontro teve os trabalhos iniciados ontem  (17) , mas hoje o presidente Barack Obama deve proferir um discurso inaugural, segundo a agenda oficial. A cúpula será realizada poucos dias depois do ataque terrorista em Copenhague, na Dinamarca, e da execução de uma trabalhadora humanitária americana que era refém do Estado Islâmico na Síria.

Amanhã (19), Obama deve se reunir com representantes do Departamento de Estado e com ministros de vários países, além de integrantes das Nações Unidas, como o secretário-geral do organismo, Ban Ki-moon. A União Europeia também será representada. Segundo a Casa Branca, mais de 60 países, incluindo 14 nações árabes, estarão presentes na cúpula.

O encontro em Washington ocorre uma semana depois de Obama ter pedido o apoio do Congresso norte-americano no combate ao Estado Islâmico, em uma declaração que não estabelece limites geográficos nem contempla operações terrestres e que deverá servir de base legal à ofensiva em curso.

A proposta determina que a autorização termine três anos após a data de promulgação da resolução, período durante o qual a Presidência deve se reportar ao Congresso a cada seis meses – prazo que pode ser renovado.

Os Estados Unidos lideram desde setembro uma coligação internacional de combate aos jihadistas do Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

Até o momento, quatro cidadãos norte-americanos que tinham sido feitos reféns pela organização foram executados. A última vítima foi a trabalhadora humanitária Kayla Mueller, 26 anos, raptada em 2013 na Síria pelo grupo jihadista, que proclamou um “califado” no Norte do Iraque e da Síria em junho do ano passado.

Um dos pontos debatidos deve ser como evitar o recrutamento de jovens estrangeiros ocidentais. Segundo estimativas de organismos internacionais e da imprensa, o grupo teria entre 20 mil e 30 mil combatentes, 15 mil oriundos da Tunísia, Arábia Saudita, de Marrocos, da Jordânia e Turquia.

Uma das preocupações entre os países ocidentais e também os árabes que condenam a ação do Estado Islâmico é que os jovens estrangeiros recrutados regressem aos países de origem e cometam atentados terroristas.

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Justiça

STF valida restrição para operações policiais no Rio

Pela decisão, as operações policiais no Rio de Janeiro poderão ser deflagradas somente em casos excepcionais, após justificativa enviada ao Ministério Público.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, durante aula magna sobre o tema Educação e Democracia: Perspectiva 2018, na abertura do curso da pós-graduação Lato Sensu em Democracia, Direito Eleitoral e Poder Legislativo.
Justiça

Luiz Fux defende uso de inteligência artificial no Judiciário

O magistrado argumentou que sistemas podem contribuir para substituir tarefas laboriosas, feitas por diversos servidores, gerando ganho de eficiência na análise de processos.

Edifício - sede do Banco Central do Brasil no Setor Bancário Norte
Economia

Copom reduz juros básicos da economia para 2% ao ano

Essa foi a nona redução seguida. Corte de 0,25 ponto percentual na taxa Selic, que está no menor nível da história, era esperado pelos analistas financeiros.

Lixão da Estrutural
Geral

Quase metade dos municípios ainda despeja resíduos em lixões

Conclusão faz parte do Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), elaborado pelo Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana (Selurb), com dados de 3,3 mil cidades brasileiras.

Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal - STF
Justiça

STF determina que governo adote medidas para proteger indígenas

Entre as medidas estão a manutenção de barreiras sanitárias para proteger os indígenas isolados da contaminação e a criação de um comitê para acompanhamento das ações durante a pandemia

lavoura agricultura familiar
Política

Senado aprova auxílio financeiro para agricultores familiares

Projeto prevê pagamento de cinco parcelas de R$ 600 e também um fomento emergencial de inclusão produtiva rural, no valor de R$ 2,5 mil, em parcela única, por família.