Queda da indústria manufatureira leva Bolsa de Xangai a fechar em baixa

Publicado em 23/09/2015 - 09:06 Por Da Agência Lusa - Pequim

A Bolsa de Xangai fechou hoje (23) no vermelho, com o anúncio de que a atividade da indústria manufatureira da China caiu para 47 pontos em setembro, o nível mais baixo dos últimos seis anos e meio.

O Índice Composite de Xangai fechou com queda de 2,19%, cotado em 3.115,89 pontos.

Yuan Bank of China

Cédula de yuan, a moeda da ChinaBanco popular da China

O principal indicador da Bolsa de Shenzhen, o segundo mercado financeiro da China, em que as empresas tecnológicas têm grande protagonismo, caiu 0,83% no encerramento, para 1.736,44 pontos.

O índice de atividade da indústria manufatureira, publicado pela revista chinesa Caixin, é baseado em pesquisa feita com gestores de mais de 3 mil empresas de 31 setores.

Nos últimos meses, a queda desse índice tem refletido as mudanças estruturais vividas pela economia chinesa, com maior ênfase nos serviços, em detrimento da indústria.

No primeiro semestre do ano, o Produto Interno Bruto chinês subiu 7% em relação a 2014 - o valor mais baixo desde 2009 -, dentro da meta fixada pelo governo.

Nessa terça-feira (22), o Banco Asiático de Desenvolvimento fez uma revisão para baixo da previsão de crescimento da China, que passou de 7,2%,em março, para 6,8%. A queda foi atribuída à fraca procura externa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Força Nacional de Segurança Pública atuará em Moçambique. Vinte bombeiros auxiliarão no resgate das vítimas do ciclone Idai que atingiu mais de 1,8 milhão de pessoas.
Geral

Bombeiros da Força Nacional vão combater incêndios em Mato Grosso

A Portaria 534/2020, assinada pelo ministro André Mendonça, atende pedido feito pelo governador Mauro Mendes e está publicada hoje no Diário Oficial da União. Equipe com 43 militares embarca nesta quarta-feira