ONU denuncia que Venezuela segue violando direito à manifestação

Publicado em 31/07/2017 - 11:42 Por Da Agência EFE - Genebra

O Escritório do Alto Comissiriado das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos denunciou a Venezuela nesta segunda-feira (31) por "continuar violando" o direito à liberdade de reunião e por dispersar de forma "violenta" as manifestações. A informação é da Agência EFE.

Em uma nota enviada à Agência EFE, o organismo da ONU expressou a sua preocupação pelo fato de "as autoridades venezuelanas continuarem violando o direito de reunião pacífica ao dispersar de forma violenta as manifestações."

O Escritório do Alto Comissariado da ONU instou as autoridades venezuelanas "a cessar o uso excessivo da força para reprimir manifestações", e reiterou a necessidade de que se respeite o princípio da liberdade de reunião pacífica.

Além disso, pediu a todas as partes que não façam uso da violência para expressar suas opiniões e posicionamentos políticos.

A Venezuela fez ontem (30) eleições para escolher a Assembleia Constituinte que modificará a Carta Magna de 1999 e que contaram com a rejeição da oposição, que decidiu não apresentar-se por considerá-las fraudulentas.

Neste contexto, durante o final de semana aconteceram novos graves distúrbios que se saldaram com a morte de uma dezena de pessoas.

O Escritório do Alto Comissariado "lamentou" a morte destas pessoas e pediu às autoridades que as investiguem de forma independente.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes diz que não apoia eventual tentativa de furar teto de gastos

O ministro Paulo Guedes reafirmou que não há apoio para uma eventual tentativa de furar o teto de gastos do governo para garantir investimentos públicos no país.

Covid-19: Fiocruz amplia capacidade nacional de testagem
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 1.274 mortes e 52.160 casos

País tem 3.109.630 casos de covid-19 acumulados desde o início da pandemia. Desse total, 3,3% dos pacientes morreram, 72,1% se recuperaram e 24,6% estão em tratamento.

Geral

Operação Verde Brasil 2 completa três meses de atuação na Amazônia

Operação tem objetivo de combater crimes ambientais e tem a participação de integrantes da Forças Armadas, em conjunto com agentes de órgãos ambientais.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes confirma que dois secretários da pasta pediram demissão

O secretário especial de Desestatização, Salim Matar, e o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão ao ministro.