Espanha expulsa diplomata norte-coreano por causa de testes com mísseis

Publicado em 31/08/2017 - 14:58 Por Da Agência EFE - Madri

O governo da Espanha convocou nesta quinta-feira (31) o embaixador da Coreia do Norte, Kim Hyok Chol, para lhe comunicar a decisão de reduzir de três para dois o número de funcionários da diplomacia do país asiático em Madri, em resposta aos testes com mísseis efetuados pelo regime de Kim Jong-un. A informação é da EFE.

O Ministério de Relações Exteriores espanhol reiterou ao embaixador Chol a condenação da Espanha em relação aos sucessivos testes nucleares e o lançamento de mísseis balísticos por seu país, principalmente após o último teste, que sobrevoou o Japão e caiu no Pacífico.

O governo espanhol ressaltou o pedido de uma "desnuclearização completa, irreversível e verificável" do arsenal norte-coreano por representar "um sério risco de conflito".

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias