Mercosul quer iniciar negociações de parceria econômica com o Japão

O ministro Aloysio Nunes está em viagens por países asiáticos

Publicado em 19/05/2018 - 13:06 Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil - Brasília

O Mercosul quer iniciar negociações de parceria econômica com o Japão em novembro, segundo afirmou o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira. O chanceler está em viagem a sete países asiáticos desde o dia 7 de maio e a agenda de viagens pela região vai até o dia 25.

Em Tóquio, no Japão, o ministro disse em entrevista à agência de notícias Nikkei Asian Review, nessa sexta-feira (18), que um acordo entre o bloco econômico e o Japão é essencial para a economia regional, com o aumento do protecionismo norte-americano.

Brasília - O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, recebe o ministro dos Negócios Estrangeiros do Irã, Mohammad Javad Zarif, no Palácio Itamaraty (José Cruz/Agência Brasil)
O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, está em viagem pela Ásia  - José Cruz/Agência Brasil

Para o ministro, a aliança formada pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai tem uma "relação complementar com o Japão". A ideia é iniciar as conversas sobre a parceria com o país asiático na reunião do G-20 (grupo que reúne as 20 maiores economias do mundo), que será realizada na Argentina, em novembro.

Segundo informações do Ministério das Relações Exteriores, o empresariado dos dois países está entusiasmado com a aproximação econômica por meio do Mercosul.

De acordo com o ministério, desde a adoção do Memorando de Cooperação para a Promoção de Investimentos e Cooperação Econômica no Setor de Infraestrutura, durante visita do presidente Michel Temer a Tóquio em 2016, os investimentos japoneses têm sido ampliados em áreas-chave para o desenvolvimento sustentável brasileiro. Segundo o ministro, o Japão tem contribuído para o aumento da produção agrícola no cerrado e poderá ampliar seus investimentos no Brasil em infraestrutura logística de escoamento.

A primeira etapa da visita aos países asiáticos foi em Singapura, Tailândia, Indonésia e Vietnã, quatro dos dez integrantes da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean). Na segunda etapa, estão Japão, China (Pequim e Xangai) e Coréia do Sul.

Edição: Amanda Cieglinski

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Hospital de campanha do Maracanã no Rio de Janeiro
Justiça

Justiça diz que Saúde não pode desmobilizar hospitais de campanha

Segundo a SES, hospitais de São Gonçalo e do Maracanã estão abertos, mas sem pacientes por causa da disponibilidade de vagas em unidades regulares da rede estadual.

O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.

Hospital de campanha para vítima de Covid-19 em Santo André, São Paulo
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 561 mortes; total chega a 94.665

Doença atingiu 2,75 milhões de brasileiros; 69,5% já se recuperaram. Atualmente, 743.334 pacientes estão em acompanhamento.

Painel Resolveu
Geral

EBC fica em primeiro no ranking de elogios entre instituições federais

De 1º de janeiro a 31 de julho, a administração federal recebeu 4.656 elogios de usuários de 333 instituições; EBC recebeu 417 elogios, e Ministério da Economia, 375.

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES
Economia

BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas

Com isso, BNDES busca mitigar impactos da pandemia de covid-19 na economia e, por meio de canais não bancários, ampliar crédito para pequenos empreendedores.

Dolar-Moeda estrangeira
Economia

Dólar ultrapassa R$ 5,30 e fecha no maior valor em duas semanas

Nos Estados Unidos, alta da indústria e impasse em negociações de novo pacote de estímulos pressionaram cotação. No Brasil, mercado aguarda reunião do Copom.