Integrante do Pussy Riot que invadiu gramado na final da Copa é detida

Publicado em 16/07/2018 - 16:36 Por Agência EFE - Moscou

Uma integrante do grupo Pussy Riot, conhecido pelas ações de protesto contra o Governo russo, foi condenada nesta segunda-feira a 15 dias de prisão por ter invadido, ontem, o gramado do estádio de Luzhniki durante a final da Copa do Mundo da Rússia.

A jovem Veronika Nikulshina entrou em campo durante o segundo tempo da partida entre França e Croácia, que terminou com vitória da equipe francesa por 4 a 2.

Quatro membros do Pussy Riot, três mulheres e um homem, invadiram o campo vestidos de policiais, mas foram rendidos rapidamente pelos guardas.

Um dos jogadores croatas, Dejan Lovren, não gostou do protesto e tentou retirar um dos manifestantes de campo, recriminando a ação.

O grupo Pussy Riot ganhou fama em 2012 quando duas integrantes foram condenadas a dois anos de prisão por interpretar uma canção punk contra o presidente russo, Vladimir Putin, no principal templo religioso do país, a catedral de Cristo Salvador em Moscou.EFE

Soccer Football - World Cup - Final - France v Croatia - Luzhniki Stadium, Moscow, Russia - July 15, 2018  A pitch invader, Croatia's Ivan Strinic and France's Kylian Mbappe     REUTERS/Darren Staples
Integrantes do grupo Pussy Riot, conhecido pelas ações de protesto contra o Governo russo, invadiram, o gramado durante jogo de ontem - REUTERS/Darren Staples/Direitos Reservados

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias