Trump estima 10 mil pessoas em caravana e diz que não entrarão nos EUA

Publicado em 24/10/2018 - 06:20 Por Agência EFE - Washington

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou que há cerca de 10 mil migrantes em caravana rumo a seu país, e admitiu que não tem "provas" de que nela haja cidadãos de países do Oriente Médio ou mesmo terroristas.

"Não entrarão", disse Trump em entrevista no Salão Oval da Casa Branca, ao ser perguntado sobre a caravana de migrantes, em sua maioria de nacionalidade hondurenha, que percorre o México em direção aos EUA.

"Teremos que chamar nossos militares se necessário, mas não podemos permitir que isso ocorra. Não podemos permitir que o nosso país seja violado assim", acrescentou.

Caravana de hondurenhos começa a entrar a à força no México, a partir da Guatemala
Caravana de hondurenhos no México - EFE/Esteban Biba/Direitos reservados

Trump declarou que sabe "muito bem estimar o tamanho de multidões" e calculou que na caravana há cerca de "10 mil pessoas".

O cálculo de Trump supera o do governo do México, que estima em 4,5 mil o número de integrantes, e o das Nações Unidas, que acredita que ela pode estar composta por 7.233 pessoas.

Trump alertou ontem que entre os imigrantes há "criminosos e pessoas desconhecidas do Oriente Médio", sem dar mais detalhes, depois que veículos de imprensa conservadores dos EUA especularam a possibilidade de que terroristas do grupo Estado Islâmico tenham se infiltrado.

Perguntado hoje sobre se tem dados que provem essas informações, Trump respondeu que não, mas que "poderia ser (verdade), perfeitamente".

O vice-presidente americano, Mike Pence, afirmou, no mesmo comício, que Trump está "absolutamente decidido a usar todos os meios que tem à disposição para organizar esforços com o objetivo de que o México faça essa caravana retornar".

Trump ameaçou "fechar" militarmente a fronteira com o México, na qual há 2.200 membros da Guarda Nacional, e cortar a ajuda econômica americana à Guatemala, a Honduras e El Salvador por não ter contido a caravana.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Mega-Sena, loterias, lotéricas
Geral

Mega-Sena acumula e próximo sorteio deve pagar R$ 12,5 milhões

A quina teve 16 acertadores e cada um vai receber R$ 81.484,20. Os 1.545 ganhadores da quadra receberão o prêmio individual de R$ 1.205,49.

 Esculturas de musas na fachada do prédio da sede do Museu Nacional, na Quinta da Boa Vista, zona norte da cidade
Geral

Alerj autoriza repasse de verbas para obras no Museu Nacional

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro autorizou o repasse de verbas complementares para a reconstrução do Museu Nacional, destruído por um incêndio em 2018.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes diz que não apoia eventual tentativa de furar teto de gastos

O ministro Paulo Guedes reafirmou que não há apoio para uma eventual tentativa de furar o teto de gastos do governo para garantir investimentos públicos no país.

Covid-19: Fiocruz amplia capacidade nacional de testagem
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 1.274 mortes e 52.160 casos

País tem 3.109.630 casos de covid-19 acumulados desde o início da pandemia. Desse total, 3,3% dos pacientes morreram, 72,1% se recuperaram e 24,6% estão em tratamento.

Geral

Operação Verde Brasil 2 completa três meses de atuação na Amazônia

Operação tem objetivo de combater crimes ambientais e tem a participação de integrantes da Forças Armadas, em conjunto com agentes de órgãos ambientais.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, fala à imprensa no Palácio do Planalto, sobre os 500 dias de governo
Economia

Guedes confirma que dois secretários da pasta pediram demissão

O secretário especial de Desestatização, Salim Matar, e o secretário de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Paulo Uebel, pediram demissão ao ministro.