Incêndios na Austrália já causaram quatro mortes

Ventos fortes dificultam o combate às chamas

Publicado em 21/12/2019 - 16:37 Por Telesur - Rede de televisão multiestatal para América - Sidney

Os graves incêndios na Austrália continuam neste sábado (21), quando o país enfrenta altas temperaturas perto de 47 graus Celsius e ventos fortes que podem agravar as centenas de incêndios que já causaram quatro mortes nas últimas 48 horas.

A periferia de Sydney, a maior cidade do país, concentrou grande parte dos esforços dos bombeiros hoje (21), pois ventos fortes - que devem atingir 80 quilômetros por hora - dificultam a contenção e a extinção das chamas. As autoridades declararam a área e seus arredores em condições catastróficas, o nível mais alto de alerta de incêndio na Austrália.

Incêndios na Austrália prosseguem neste sábado
Incêndios na Austrália prosseguem neste sábado - NSW Rural Fire Service

O comissário do Serviço de Bombeiros Rurais do estado de New South Wales, Shane Fitzsimmons, infirmou que na área há pelo menos uma pessoa desaparecida e várias propriedades foram queimadas, alertando que "ainda temos a noite pela frente".

Em New South Wales, em estado de emergência pelo sétimo dia, cerca de 2,5 mil bombeiros enfrentam 118 focos, dos quais mais da metade estão fora de controle e outros em expansão por mais de um mês. No incêndio em Green Wattle Creek, cerca de 160 quilômetros a sudoeste de Sydney, na última quinta-feira (19) dois bombeiros morreram e três ficaram feridos.

O fogo é alimentado pela onda de calor que afeta grande parte do país, onde esta semana o recorde nacional de temperatura média foi quebrado duas vezes. A temperatura subiu para 41,9 graus na quarta-feira (18), muito acima da marca anterior de 40,3 graus, correspondente a 2013, segundo dados do Australian Meteorology Office.

"Os incêndios não serão controlados até que tenhamos uma chuva decente", alertou Fitzsimmons, ao alertar que pode haver meses de incêndios.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias