Trump despede embaixador na UE e assessor do Conselho de Segurança

Os dois testemunharam contra ele no processo de impeachment.

Publicado em 08/02/2020 - 13:03 Por RTP* - Washington

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, despediu dois integrantes de sua equipe que testemunharam contra ele no processo de impeachment - o embaixador norte-americano na União Europeia, Gordon Sondland, e o assessor do Conselho de Segurança Nacional, Alexander Vindman, primeira vítima do processo de destituição.

Vindman foi a testemunha-chave em todo o caso.

Ele teria escutado o telefonema em que Trump pediu ao presidente ucraniano, Volodymyr Zelenski, que investigasse os negócios da família do democrata Joe Biden.

Donald Trump foi acusado pelos democratas de ter abusado dos privilégios do cargo para pressionar Zelenskiy a investigar a família de Biden, seu maior rival entre os candidatos democratas às eleições presidenciais.

O presidente americano foi absolvido pelo Senado.

*Emissora pública de televisão de Portugal

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias