Irã pede ajuda de U$ 5 milhões ao FMI para controlar coronavírus

País tem 9 mil infectados e 354 mortes

Publicado em 12/03/2020 - 10:07 Por RTP (emissora pública de televisão de Portugal) - -

O Irã anunciou esta quinta-feira (12) que pediu financiamento ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para controlar a situação do novo coronavírus, que está afetando o país com intensidade. O pedido de financiamento é de cerca de  U$ 5 mil milhões de dólares.

O anúncio foi feito pelo ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Javad Zarif, que afirmou que “a diretora do FMI, Kristalina Georgieva, declarou que os países afetados pelo Covid-19 serão apoiados pelo Instrumento de Financiamento Rápido do FMI, e por isso, o nosso Banco Central solicitou o acesso a esse instrumento imediatamente”.

O governador do Banco Central iraniano, Abdolnaser Hemmati, confirmou o pedido de “ U$ 5 mil milhões de dólares ao fundo de emergência internacional para ajudar no combate ao coronavírus”, cita a Reuters. A última vez que o país pediu ajuda ao FMI foi em 1962.

O Instrumento de Financiamento Rápido é uma ferramenta que fornece assistência financeira aos países que enfrentam necessidades urgentes na balança de pagamentos.

O Irã é o terceiro país do mundo com maior número de infectados, depois da China e da Itália. O país tem 9 mil infectados e 354 mortes.

Com mais de 126 mil infectados e mais de 4 mil mortes em todo o mundo, a Organização Mundial de Saúde declarou, esta quarta-feira (11), o novo coronavírus como pandemia.

*Emissora pública de televisão de Portugal

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias