Chile supera Espanha em número de casos de covid-19

País sul-americano é o sétimo no ranking global de contágios

Publicado em 23/06/2020 - 15:46 Por Marieta Cazarré - Repórter da Agência Brasil - Montevidéu

O Chile superou a Espanha em número de pessoas infectados pelo novo coronavírus e, com 250.767 casos e 4.505 mortes, passa a ser sétimo em número de contágios no mundo. À frente do Chile, aparecem Estados Unidos, Brasil, Rússia, Índia, Reino Unido e Peru. Quanto ao número de mortes, o Chile está na 19ª colocação. Se for considerada apenas a América Latina, o Chile é o terceiro em número de contágios e o quarto em número de mortes.

De acordo com o mapa em tempo real da covid-19, elaborado pelo Centro de Ciência e Engenharia de Sistemas (CSSE) da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o novo coronavírus já soma mais de 9 milhões de infectados em todo o mundo e mais de 470 mil mortos.

Ao divulgar o novo balanço epidemiológico do país,o ministro da Saúde do Chile, Enrique Paris, disse que nas últimas 24 horas foram registrados 3.804 casos novos.

A subsecretária de Saúde Pública, Paula Daza, informou que há 2.009 pacientes hospitalizados nas diferentes unidades de cuidados intensivos da rede integrada do país, dos quais 1.720 encontram-se com ventilação artificial e 392 estão em estado crítico.

Nesta segunda-feira (22), o Chile fez 12.707 testes para covid-19. Desde o início da pandemia, 995.060 pessoas passaram por esses testes no país.

América Latina

Na América Latina, o Brasil continua como o país com maior número de contágios (1.106.470) e de mortes (51.271). O Peru aparece em segundo lugar em número de contágios, com mais de 257 mil casos, e em terceiro, no total de mortos, com mais de 8 mil, atrás do México, que tem mais de 22 mil mortos.

O Chile é o terceiro em número de contágios (250.767) e o quarto em número de mortes (4.505). O México, com 185.122 casos da doença, é o quarto colocado em relação ao número de contágios na América Latina. Em número de mortes, o México aparece em segundo lugar (22.584), atrás apenas do Brasil.

Nesta terça-feira (23), o estado de emergência decretado por causa do novo coronavírus completa 100 dias no Peru. Apesar de ter tomado decisões muito precocemente, como o fechamento de fronteiras, a paralisação de atividades não essenciais, o toque de recolher e o isolamento social, o país sofre com o aumento no número de casos. Inicialmente os cidadãos peruanos acataram as determinações com obediência. No entanto, a enorme proporção de trabalhadores informais, que. na capital, Lima, chega a 70% dos ocupados, acabou levando as pessoas de volta às ruas, em busca de sustento.

O México registou 4.577 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, além de 759 mortes. O dia 3 de junho foi o que teve o maior número de óbitos desde o início da pandemia, com 1.092 falecidos. Em 18 de junho, registrou-se o maior número de casos diários, com 5.662 infectadas em 24 horas. Desde o início do surto no México, no fim de fevereiro, 488.550 pessoas foram testadas.

Além de Brasil, Peru, Chile e México, países mais afetados em números absolutos, Colômbia, Equador e Argentina também têm dados expressivos.

A Colômbia tem 71.367 casos de contaminação e 2.426 mortes. O Equador soma 51.643 infectados e 4.274 falecidos. E a Argentina registra 44.931 casos e 1.043 mortos.

Na Argentina, a maioria dos casos (mais de 90%) concentra-se na região metropolitana de Buenos Aires. O governo, que vinha adotando uma abertura gradual das atividades, avalia endurecer novamente as restrições e voltar à quarentena absoluta, apesar da pressão popular pelo afrouxamento.

O Equador, que confirmou 728 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, tem um número muito alto de mortes suspeitas, não confirmadas, da doença. Segundo um relatório do governo, o país aguarda o resultado de exames de 2.875 óbitos com suspeita de infecção pelo novo coronavírus. O número oficial de mortos, até o momento, é de 4.274, mas poderia saltar para mais de 7 mil, caso a maioria dos casos suspeitos se confirme.

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
Justiça

CNJ comemora sucesso de audiências e sessões por videoconferência

De 1º de maio a 4 de agosto, o Judiciário realizou 366. 278 mil videoconferências por meio da Plataforma Emergencial de Videoconferência para Atos Processuais.

Testes para detecção do Covid-19
Saúde

São Paulo registra mais de 25 mil mortes pela covid-19

Entre os 621.731 de casos diagnosticados de covid-19, 397.653 pacientes estão recuperados, sendo que 75.806 foram internados e tiveram alta hospitalar.

Reprodução gráfica da chuva de meteoros Geminídeos feita pela Organização Meteorológica Internacional
Geral

Chuvas de meteoros poderão ser vistas no Brasil este mês

Neste domingo, Dia dos Pais, quem acordar bem cedo poderá acompanhar a ocultação de Marte. É como se fosse um eclipse, quando a Lua passa entre a Terra e o planeta vermelho.

Área de lazer do Aterro do Flamengo reaberta atrai milhares de cariocas
Saúde

Dia Nacional do Combate ao Colesterol chama a atenção para o problema

A data, 8 de agosto, é uma forma de mobilizar a sociedade para promover uma conscientização maior dos cidadãos, profissionais e do Poder Público sobre a necessidade de prevenir e mitigar os efeitos desse mal.

Chica Xavier
Geral

Morre no Rio atriz Chica Xavier, aos 88 anos

Uma das primeiras atrizes negras a desempenhar papéis marcantes, em 1956 encenou a primeira peça de sua carreira, Orfeu da Conceição, e no cinema, estreou em 1962, no filme Assalto ao Trem Pagador.

Esportes

Série B: Juventude vira para cima do CRB e vence na estreia

No início da caminhada para tentar retornar à elite do Brasileiro depois de 13 anos, equipe da Serra Gaúcha leva gol no primeiro minuto, perde pênalti, mas consegue virada.