Intenso tiroteio toma ruas e deixa capital do Haiti em pânico

Gangues rivais disputam controle territorial

Publicado em 01/04/2024 - 20:41 Por Ralph Tedy Erol – Repórter da Reuters* - Porto Príncipe

O pânico se instalou no centro de Porto Príncipe nesta segunda-feira (1º), enquanto um intenso tiroteio tomava conta da capital do Haiti e tiros pesados aproximavam-se do palácio nacional.

A Reuters presenciou civis correndo para escapar dos tiros na capital, onde gangues rivais disputam controle territorial enquanto o Estado permanece praticamente ausente, três semanas após o primeiro-ministro Ariel Henry anunciar sua renúncia sem um sucessor.

Homens armados tomaram um veículo blindado dos guardas do palácio no centro da cidade. Enquanto isso, mais quatro pessoas foram encontradas mortas nesta segunda-feira no subúrbio relativamente chique de Petion-Ville, na capital, que tem sido ameaçado pelas gangues.

Uma pessoa olha para os corpos de pessoas que foram encontradas mortas no subúrbio de Petion-Ville, enquanto gangues rivais disputam o controle do território enquanto o estado permanece em grande parte ausente, em Porto Príncipe, Haiti 1º de abril de 2024. REUTERS/Ralph Tedy Erol
Corpos de pessoas que foram encontrado no subúrbio de Petion-Ville, enquanto gangues rivais disputam o controle do território - REUTERS/Ralph Tedy Erol

Pelo menos uma outra pessoa foi morta a tiros durante os combates no distrito de Delmas, na capital. A imprensa também informou que um grande parque industrial havia sido incendiado três dias antes.

O novo embaixador norte-americano para o Haiti, Dennis Hankins, chegou ao país nesta segunda-feira, enquanto os EUA e outros países continuam a retirar seus cidadãos e a reforçar as fronteiras contra imigrantes.

O conflito no Haiti tem se agravado, com alianças de gangues disputando controle de áreas da capital e ataques contra o aeroporto e o principal porto, bloqueando acesso a produtos fundamentais.  

*Reportagem adicional de Harold Isaac em Porto Príncipe e Sarah Morland na Cidade do México

Últimas notícias