Advogados pedem audiência com Rosa Weber para discutir fake news

Publicado em 19/10/2018 - 19:24 Por André Richter - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Um grupo de advogados e juristas pediu hoje (19) uma audiência com a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, para cobrar medidas contra divulgação de notícias falsas nas redes sociais. O grupo é formado pelo advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay, que atua para investigados na Operação Lava Jato, e o ex-advogado de Lula, Sepúlveda Pertence. O ex-ministro da Justiça do governo Dilma Rousseff, José Eduardo Cardozo, também assina o documento.

Em um documento enviado hoje à ministra, o grupo também pediu que as medidas solicitadas pela coligação do candidato à presidência da República Fernando Haddad (PT) contra a campanha de seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) sejam autorizadas de forma urgente.

Na quinta-feira (18), a coligação de Haddad entrou com pedidos no TSE para que a candidatura de Bolsonaro seja investigada em razão das suspeitas de uso de sistemas de envio de mensagens em massa na plataforma WhatsApp custeados por empresas de apoiadores do candidato.

No mesmo dia, pelo Twitter, Bolsonaro afirmou que não tem controle sobre apoios voluntários e que o PT não está sendo prejudicado por fake news, e sim pela “verdade”.

Edição: Sabrina Craide

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias