Bretas determina que Jacob Barata cumpra prisão domiciliar

Decisão atendeu a pedido da defesa do empresário

Publicado em 03/10/2018 - 18:20 Por Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, aceitou um pedido inusitado da defesa do empresário do setor de ônibus do Rio de Janeiro, Jacob Barata Filho. Os advogados pediram que ele deixe de cumprir medidas cautelares mais brandas, que previam ficar em casa só no período noturno, para cumprir prisão domiciliar em regime integral, não podendo se ausentar do lar em nenhum momento do dia.

A decisão de Bretas foi tomada no último dia 28 de setembro, mas só tornada de conhecimento público hoje (3). “Trata-se de requerimento formulado pela defesa de Jacob Barata Filho pugnando pela concessão de prisão domiciliar em substituição às medidas cautelares substitutivas de sua prisão preventiva”, escreveu Bretas.

Bretas lembrou na decisão que as medidas cautelares haviam sido impostas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 2 de dezembro de 2017, em substituição à prisão preventiva decretada por ele, 15 dias antes. Na ocasião, o STF havia proibido Barata de manter contato com os demais investigados, deixar o país, tendo de entregar seu passaporte, obrigando o recolhimento domiciliar no período noturno e integralmente nos fins de semana e feriado, além da suspensão do exercício da administração de sociedades e associações ligadas ao transporte coletivo.

Segundo a defesa de Barata sustentou no pedido, a prisão domiciliar integral teria como objetivo a proteção do empresário, visto que ele, “pelo fato de ter apontado delitos e autores, encontra-se em situação de risco, razão pela qual requer a substituição das cautelares por prisão domiciliar”.

Apesar da manifestação em contrário do Ministério Público Federal (MPF), Bretas decidiu atender a demanda da defesa de Barata, lembrando inclusive que o empresário se comprometeu a devolver R$ 81 milhões aos cofres públicos. Porém, Bretas ressaltou que não estava tomando a decisão para aumentar a proteção a Barata, como argumentava sua defesa.

“Muito embora entenda não ser o caso de substituição da medida visando à proteção do réu, como pretende a defesa, verifico que pelo seu comportamento cooperativo resta cabível a substituição das medidas cautelares determinadas pelo STF pela prisão domiciliar, consoante o poder de cautela previsto no Artigo 319 do Código de Processo Penal [CPP]”, escreveu Bretas.

O CPP foi modificado em 2012, em seu Artigo 387, estipulando que o juiz deverá levar em consideração, quando sentenciar o réu, a chamada detração, que é a redução da pena, se já tiver sido cumprida detenção, por exemplo, em prisão provisória, como a domiciliar. Procurada, a defesa do empresário não comentou o pedido, além do que está explícito na demanda judicial.
 

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Teste rápido de COVID-19
Saúde

Estado do Rio registra quase 179 mil casos de covid-19

A capital lidera o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (74.421 casos). Em seguida vem Niterói (9.380) e São Gonçalo (9.298), ambas na Região Metropolitana.  

 


 

VITÓRIA ATLÉTICO MINEIRO E EMPATE DO SANTOS
Esportes

Flamengo perde para o Atlético mineiro no Maracanã

 

Na segunda rodada, o Atlético recebe o Corinthians em jogo previsto para  quinta-feira (13). Já o Flamengo enfrenta um dia antes (12), o Atlético Goianiense.

 

Manifestantes carregam bandeiras nacionais durante um protesto contra o governo no centro de Beirute, Líbano, em 20 de outubro de 2019
Internacional

Polícia entra em confronto com manifestantes em Beirute

Milhares de pessoas foram para a Praça do Parlamento e para a Praça dos Mártires Os manifestantes tentaram entrar em uma área isolada e invadiram os escritórios de ministérios.

Teste rápido de COVID-19
Saúde

Brasil registra 3 milhões de casos de covid-19 e 101 mil mortes

Dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no início da noite deste domingo (9). Nas últimas 24 horas, o país registrou 23.010 novos casos e 572 mortes. 

Esportes

STJD aceita pedido do Goiás e partida contra o São Paulo é adiada

Cancelamento ocorreu 10 minutos antes do jogo começar. É que 10 jogadores testaram positivo para o novo coronavírus, sendo 8 titulares. Partida ainda não tem nova data.

 

O filme Yover, produzido por Edison Sanchez e Miguel Zanguña Billalva, será exibido na Mostra Ecofalante
Geral

Mostra traz filmes de 24 países sobre questões ambientais e sociais

O 9 º Festival Ecofalante vai de 12 de agosto a 20 de setembro. Terá sessões online por causa da pandemia. Os filmes ficam disponíveis por períodos que variam de 24 horas a dez dias.