Justiça nega acesso de dono de cadeira cativa à final da Copa América

A decisão é do plantão judiciário

Publicado em 10/07/2021 - 17:53 Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

A Justiça do Rio de Janeiro negou pedido de titular de duas cadeiras cativas no Estádio do Maracanã ao uso do espaço durante a final da Copa América 2021, hoje (10), a partir das 21h, entre Brasil e Argentina. A decisão é do plantão judiciário.

O juiz Paulo Roberto Corrêa indeferiu o pedido porque considerou que o evento não seria aberto ao público, mas sim restrito a convidados da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) e das federações brasileira e argentina de futebol.

A prefeitura do Rio de Janeiro autorizou a presença de público no Estádio do Maracanã, mas restringiu a lotação a 10% da capacidade de cada setor.  

Edição: Maria Claudia

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias