Miguel Reale Jr fala em “esperteza malandra”

Publicado em Por -

O jurista Miguel Reale Júnior, um dos autores do pedido de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, adotou, durante em toda sua exposição, um tom ainda mais duro que a colega para pedir a condenação da petista. Reale Jr atacou o PT, partido de Dilma, afirmando que o país vive um momento de mudança de mentalidade, não apenas de governo. " É uma administração pública não baseada no mérito, mas na sinecura, na difusão de que o que importa é ser malandro. O lulopetismo deixa como legado a esperteza, a malandragem. O país não quer mais isso", afirmou.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias

Janaína Paschoal pede desculpas a Dilma

Publicado em Por -

Pouco antes de finalizar sua fala inicial que foi dividida com o jurista Miguel Reale Júnior, a advogada Janaína Paschoal pediu desculpas a Dilma por saber que a situação que ela vive não é fácil, porque "eu lhe causei sofrimento". "Peço que ela um dia entenda que eu fiz isso pensando também nos netos dela", disse Janaína, com lágrimas nos olhos.

Últimas notícias

PM usa bombas para conter manifestantes contra impeachment na Paulista

Publicado em Por -

As frentes Povo sem Medo e Brasil Popular realizaram, na Avenida Paulista, uma manifestação em protesto contra o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, no quarto dia da sessão de julgamento do processo no Senado.

Com o clima tenso na região, a Polícia Militar (PM) chegou a usar bombas de efeito moral para impedir que os manifestantes se aproximassem do prédio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), entidade que os dois movimentos consideram "patrocinadora do golpe" contra a presidenta afastada.

Últimas notícias

Aécio diz que voto não é salvo-conduto; Dilma lembra ações para desestabilizá-la

Publicado em Por -

Aécio

Ao questionar e criticar a presidenta afastada, o senador mineiro resgatou falas usadas por Dilma Rousseff desde a disputa eleitoral e criticou o argumento usado pela defesa de que o processo é um golpe por ela ter sido eleita legitimamente em 2014 com 54 milhões de votos.

“Vossa Excelência recorre aos votos que recebeu como justificativa. Não é salvo-conduto. É delegação que pressupõe deveres e direitos. O maior dos deveres de quem recebe votos é o respeito a leis e à Constituição", provocou o tucano.

Últimas notícias

Discurso de Dilma em julgamento do impeachment no Senado (segunda parte)

Publicado em Por -

A presidenta afastada Dilma Rousseff discursou na manhã desta segunda-feira (29) por cerca de 45 minutos no plenário do Senado, durante a última fase do julgamento do processo de impeachment.

Últimas notícias

Discurso de Dilma em julgamento do impeachment no Senado (primeira parte)

Publicado em Por -

A presidenta afastada Dilma Rousseff discursou na manhã desta segunda-feira (29) por cerca de 45 minutos no plenário do Senado, durante a última fase do julgamento do processo de impeachment.

Últimas notícias

Renan Calheiros lembra a declaração feita pela senadora Gleisi Hoffmann

Publicado em Por -

Depois de a sessão de julgamento do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff ter sido suspensa por desentendimentos entre senadores, os trabalhos foram retomados com um apelo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ele pediu que os senadores reduzam as questões de ordem repetidas. O clima no plenário esquentou quando Renan lembrou a declaração feita ontem pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) de que o Senado não tem moral para julgar a presidenta afastada.

Últimas notícias

Bate-boca faz Lewandowski suspender sessão do impeachment

Publicado em Por -

O primeiro momento de maior tensão hoje (25) no julgamento do processo de impeachment, no Senado, contra a presidenta afastada Dilma Rousseff levou o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, a suspender a sessão por alguns minutos para tentar restabelecer a ordem. A confusão começou quando a senadora Gleisi Hoffman (PT-PR) afirmou que nenhum senador tem condições morais para julgar o afastamento permanente de Dilma.

Últimas notícias

O crescimento da obesidade infantil preocupa diversos países

Publicado em Por -

O crescimento da obesidade infantil é uma preocupação para diversos países, tanto é que esta semana a Associação Americana do Coração divulgou uma nova recomendação sobre o consumo de açúcar por 

Últimas notícias

Campanha #CoraçãoParalímpico rumo aos #JogosParalímpicos Rio 2016

Publicado em Por -

Na nova fase da campanha #CoraçãoParalímpico rumo aos #JogosParalímpicos Rio 2016, o Comité Paralímpico Brasileiro convidou pessoas comuns para saber o quanto elas conhecem sobre os nossos campeões.

 #CarregoNoPeito é o lema de todos que levam no coração o amor pelo esporte paralímpico e pela nossa bandeira!

Últimas notícias

Páginas

Voltar ao topo da página