Duas pessoas são detidas no DF por boca de urna

Publicado em 26/10/2014 - 11:51 Por Aline Leal - Repórter da Agência Brasil - Brasília












Duas pessoas foram detidas no Distrito Federal (DF) fazendo boca de urna, uma em Sobradinho e outra em Ceilândia, regiões administrativas. “Todas as forças de segurança estão unidas, observando os 599 locais de votação do DF”, assegurou o diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral, Arthur Cézar da Silva, em entrevista coletiva.

O procedimento padrão para situação de boca de urna é conduzir o infrator à delegacia e lavrar um termo circunstanciado. Em seguida, o infrator é liberado sob pagamento de fiança.

O diretor informou ainda que das 6.452 urnas em funcionamento hoje (26), 29 foram substituídas até agora. Dessas, 19 apresentaram problemas com a leitura biométrica. Duas foram substituídas a pedido do mesário, que esqueceu de ligá-las na tomada e pensou que estivessem quebradas. Depois da substituição, foi constatado que as urnas não tinham problemas.

O Distrito Federal está com 680 urnas reserva para substituição.No primeiro turno, 219 urnas foram trocadas por falhas na leitura das impressões digitais.

Ao todo, 1.897.677 pessoas estão aptas a votar no DF. No primeiro turno, 88,33% do eleitorado foram às urnas.

Eleições 2014: Participe da cobertura da EBC nas redes sociais com a hashtag #votoavoto

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias