Santa Catarina tem reforço de forças federais para segurança nas eleições

Publicado em 05/10/2014 - 11:13 Por Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Força Nacional de Segurança

Força Nacional de SegurançaFábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O estado de Santa Catarina terá o reforço de forças federais em 24 municípios hoje (5), em razão da onda de ataques violentos ocorridos nos últimos dias. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, deferiu, na tarde de ontem (4), pedido de envio feito pelo Tribunal Regional Eleitoral  (TRE-SC).

Com o reforço, homens do Exército estarão à disposição dos juízes eleitorais para fazer a segurança em casos relacionados às eleições, de acordo com o TRE. A Força Nacional de Segurança também está no estado desde ontem para ações específicas de combate à violência.

Na decisão, Toffoli explicou que a medida é válida apenas para hoje, a fim de garantir tranquilidade aos catarinenses que vão às urnas. "A atuação das tropas federais tem previsão apenas para o dia do pleito e se trata de medida excepcional, necessária quando demonstrada a impossibilidade de o Estado garantir a segurança da votação e apuração dos resultados", observou o presidente do TSE.

Segundo o TRE-SC, o pedido para a atuação das forças federais ocorreu pela preocupação de que os ataques e ameaças colocassem em risco a realização das eleições, já que alguns juízes manifestaram o receio de que a polícia local não tivesse efetivo suficiente para assegurar a manutenção da ordem. O ministro Dias Tofoli informou que o governo de Santa Catarina “não se opõe ao envio de força federal, questão, inclusive, já acordada com o TRE local”.

Foi aprovado o envio de força federal para Biguaçu, Blumenau, Campos Novos, Criciúma, Florianópolis, Itajaí-Navegantes, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Palhoça, Porto União, São José-São Pedro de Alcântara, São Bento do Sul, Tijucas, Tubarão, Chapecó, São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Balneário Camboriú, Gaspar, Imbituba, Joaçaba, Itapema e Rio do Sul.

Ontem, soldados da Força Nacional de Segurança chegaram a Santa Catarina e ajudaram na  transferência de 21 presos vinculados a facções criminosas, que saíram de várias unidades prisionais do estado. A Força Nacional apoiará a ação das polícias Federal e Rodoviária Federal.

 

Edição: Graça Adjuto

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Voltar ao topo da página