Temer diz que oposições no Brasil sempre tentaram destruir governos

Teses da oposição contra o governo são políticas e não jurídicas,

Publicado em 05/10/2016 - 13:49 Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil - Brasília

Brasília - O presidente Michel Temer escolheu o deputado federal Marx Beltrão (PMDB-AL) para comandar o Ministério do Turismo. (Antônio Cruz/ Agência Brasil)

Na posse do novo ministro do Turismo, Marx Beltrão, Temer disse que a oposição no Brasil tem uma concepção políticaAntonio Cruz/ Agência Brasil

O presidente Michel Temer fez hoje (5) duras críticas à forma como, historicamente, as oposições atuam no Brasil, no sentido de sempre buscarem a “destruição” dos governos. Dirigindo-se à base governista, ele destacou essa característica visando preparar os parlamentares para o embate que deverá ocorrer no Congresso Nacional, nos próximos dias, durante a tramitação da proposta que define um teto para os gastos públicos.

“É claro que haverá oposição [à proposta] porque no Brasil a tese de oposição não é jurídica. É uma tese política. A tese é a seguinte: se eu não estou no governo eu tenho de destruir o governo. Isso é uma coisa nossa. É uma coisa cultural, histórica, e que vem ao longo do tempo”, disse Temer durante a cerimônia de posse do deputado federal Marx Beltrão (PMDB-Alagoas) no cargo de ministro do Turismo.

“Então eu digo a vocês: não se incomodem com os gestos da oposição. A oposição no Brasil tem uma concepção política. Digo isso como fruto de uma cultura muito equivocada ao longo do tempo. Não é de hoje”, acrescentou.

Mudança de costumes nacionais

Segundo Temer, o momento atual é o de “pregar as novas ideias” para, pouco a pouco, se modificar esses “costumes nacionais”. “Você tem de fazer uma distinção entre o momento político-eleitoral, que é o momento em que as pessoas disputam votos para chegar ao poder, e o momento político-administrativo, que é o segundo momento, um momento pós-eleitoral em que todos os brasileiros devem se unir em benefício do país”.

Apesar da crítica a essa forma de atuação das oposições, Temer ressaltou também o papel relevante que elas têm para a democracia, no sentido de fiscalizar o governo e de sugerir propostas para as políticas públicas.

Ele negou que eventuais mudanças que possam ocorrer na proposta de limitação de gastos público representem uma derrota do governo. “Não é nada disso. Quem governa é Executivo e Legislativo juntos”, disse.

“Não se pode gastar mais do que aquilo que se arrecada, motivo pelo qual lançamos a proposta segundo a qual cada orçamento só pode fazer previsão com base na inflação do ano anterior. Não dá para ficar dizendo a todo ano que o Brasil tem déficit. Se o teto tivesse sido promovido há cinco ou seis anos, o país teria déficit zero. Portanto, peço aos deputados que empenhem para estar aqui na segunda-feira, porque é fundamental votarmos isso”, finalizou.

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
vacina, Moderna, imagem ilustrativa
Internacional

Argentina e México vão produzir vacina da Oxford

Entrega é prevista a partir da primeira metade de 2021, em função dos resultados dos estudos da Fase 3 de testes e das aprovações regulatórias. Brasil também firmou acordo com a AstraZeneca.

Polícia Civil do Rio de Janeiro.
Direitos Humanos

Rio: operação prende suspeitos de violência contra a mulher

De acordo com a delegada Sandra Ornellas, somente em 2019 as delegacias de atendimento à mulher no Rio indiciaram 16.703 suspeitos de violência doméstica e familiar.

O jogador Guerrero, do Internacional
Esportes

Três jogos fecham segunda rodada da Série A do Brasileirão

São Paulo, Fortaleza, Internacional, Santos, Vasco e Sport entram em campo na noite desta quinta-feira pelo nacional de futebol.

Rio de Janeiro - Dedo do Cristo Redentor danificado por raio começa a ser restaurado a partir de hoje (21). O dedo médio da mão direita do Cristo Redentor foi atingido por raio na noite do dia 16. (Foto Thomaz Silva/Agência Brasi)
Saúde

Cristo Redentor passa por desinfecção antes da reabertura no sábado

Até agora, já foram feitas mais de 400 desinfecções em locais públicos como rodoviárias, aeroportos, estações de trens, metrôs e barcas, hospitais e unidades de saúde e asilos.

Presidente russo, Vladimir Putin, visita hospital de Moscou com roupa de proteção
Internacional

Rússia: médicos serão vacinados contra covid-19 em duas semanas

Alexander Gintsburg, diretor do Instituto Gamaleya, produtor da vacina, disse que o país planeja ter capacidade para produzir 5 milhões de doses por mês entre dezembro e janeiro.

Pesquisadores retiram soro de cavalo
Saúde

Soros produzidos por cavalos têm anticorpos potentes para covid-19

O coordenador do projeto, Jerson Lima Silva, da UFRJ, apresenta os resultados da pesquisa hoje (13) à noite, durante simpósio sobre covid-19 na Academia Nacional de Medicina, no Rio.