Senado aprova criação da TLP para contratos com BNDES

Publicado em 05/09/2017 - 19:33 Por Mariana Branco - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Brasília - Plenário do Senado durante sessão para analisar e votar a Medida Provisória 777/2017, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) nos empréstimos concedidos pelo BNDES (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Plenário do Senado durante sessão para analisar e votar a Medida Provisória 777/2017, que cria a Taxa de Longo Prazo (TLP) nos empréstimos concedidos pelo BNDESFabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O plenário do Senado aprovou hoje (5), por 36 votos a 14, a Medida Provisória (MP) 777/2017, que institui a Taxa de Longo Prazo (TLP) para contratos firmados com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As emendas à proposta foram rejeitadas e a matéria segue para sanção do presidente Michel Temer.

A taxa substitui a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), exceto nos contratos de financiamento de infraestrutura com edital publicado até 31 de dezembro de 2017, entre outras operações já firmadas até o fim deste ano.

A TLP será composta pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e pela taxa de juros prefixada das Notas do Tesouro Nacional (NTN-B) vigente no momento da contratação do financiamento. O governo espera que a nova taxa reduza os custos do Tesouro Nacional com subsídios.

Alguns parlamentares e representantes de setores da economia foram contrários à nova taxa, sob o argumento de que ela encarecerá os juros e dificultará os investimentos.

O Ministério da Fazenda, no entanto, argumenta que com o ajuste fiscal e as demais reformas econômicas todas as taxas de juros da economia deverão cair. Segundo a equipe econômica, a diminuição do subsídio ao crédito (diferença entre a taxa do BNDES e a taxa de mercado) não significa que a taxa de juros real paga pelos clientes do BNDES (taxa de juros descontada da inflação) aumentará. A Fazenda diz ainda que não há evidências empíricas de que o forte aumento do crédito subsidiado tenha alavancado o investimento ou, até mesmo, o tenha impedido de cair mais intensamente.

Débitos previdenciários

Os senadores também aprovaram na votação desta noite a MP 778, que trata do parcelamento de débitos previdenciários do Distrito Federal, estados e municípios. A medida vai aliviar os estados e munícipios endividados.

Edição: Luana Lourenço

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Hospital de Campanha de São Gonçalo é inaugurado
Justiça

Rio: Justiça intima Witzel a manter aberto hospital de campanha

Justiça intimou o governador e o secretário de saúde a cumprir, em 48 horas, ordem judicial de manter em operação o  Hospital de Campanha de São Gonçalo.

Saúde

Trevo de Xapetuba inaugura novo trecho de rodovias interestaduais

O trecho fica na divisa entre os municípios mineiros de Uberlândia e Monte Alegre de Minas. Mais de R$ 190 milhões serão investidos no entrocamento entre as BRs 365 e 452.

Brasília - O Conselho Superior do Ministério Público Federal autorizou hoje a prorrogação dos trabalhos da Operação Lava Jato, no Rio de Janeiro (José Cruz/Agência Brasil)
Justiça

PGR recorre de decisão que impediu acesso a dados da Lava Jato

No agravo, o vice-procurador geral, Humberto Jacques de Medeiros, pede que o ministro do STF Edson Fachin reveja sua decisão ou leve o caso para julgamento na Corte.

 

Fachada da Caixa Econômica Federal
Política

Bolsonaro publica MP que trata de reorganização societária da Caixa

MP é o primeiro passo para o desinvestimento e alienação de ativos da Caixa e tem objetivo de diminuir a atuação do banco em setores considerados não estratégicos.

Diagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus (2019-nCoV), realizado pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em Vírus
Saúde

Covid-19: Fiocruz recebe R$ 100 milhões para produção de vacina

A doação feita por um grupo de empresas privadas será usada no aprimoramento das instalações da Fiocruz que vai fabricar a vacina contra a covid-19.

Sala de aula
Economia

Prefeitos querem flexibilizar pagamento mínimo da educação em 2020

Proposta foi apresentada ao ministro da Economia, Paulo Guedes, pela  Frente Nacional de Prefeitos. Objetivo é empenhar valores para os próximos anos.