PTB fecha questão a favor da reforma da Previdência

Publicado em 06/12/2017 - 18:36 Por Heloisa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O PTB decidiu hoje (6) fechar questão a favor da aprovação da reforma da Previdência. O partido, que reúne 16 deputados federais, foi a primeira legenda da base aliada ao governo a definir apoio em torno do tema. Caso vote contra a decisão, o parlamentar da legenda pode ser punido e até mesmo expulso do partido.

Por meio de nota, o presidente do partido, Roberto Jefferson, afirmou que a reforma “é primordial para a retomada do crescimento no Brasil” e se trata de um instrumento para "retirada de privilégios".

“Entende também que ela representa a opção prioritária pelos pobres e trabalhadores celetistas, abriga os trabalhadores rurais, ampara as necessidades dos programas de assistência social e, sobretudo, coloca fim a alguns privilégios da elite funcional federal, que recebe benefícios 33 vezes superiores à média dos trabalhadores da iniciativa privada”, disse Jefferson.

PMDB

A Executiva Nacional do PMDB também decidiu fechar questão a favor da matéria. Com isso, pela decisão, todos os deputados do partido deverão votar a favor da proposta de emenda à Constituição que trata do tema. Atualmente, o partido detém a maior bancada na Câmara, com 60 deputados.

Ainda não há data para apreciação do texto em plenário, mas o desejo do governo é que a PEC seja votada ainda em 2017. Para ser aprovada, a proposta precisa do apoio de pelo menos 308 votos, em dois turnos.

Votação

Apesar do otimismo de deputados da base aliada e ministros do governo, ainda não há data marcada para votação da reforma na Câmara. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), essa data só será marcada depois do convencimento de um número significativo de deputados a favor da proposta.

Edição: Amanda Cieglinski

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
O ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, fala à imprensa , após reunião com o presidente Jair Bolsonaro no Palácio da Alvorada
Justiça

Defesa de Onyx assina acordo de não persecução penal com a PGR

Apesar do acordo fechado com a PGR, é necessário que o caso seja analisado pelo Supremo Tribunal Federal. Ministro-relator vai decidir se homologa acordo.

Hospital de campanha para vítima de Covid-19 em Santo André, São Paulo
Saúde

Covid-19: Brasil registra mais 561 mortes; total chega a 94.665

Doença atingiu 2,75 milhões de brasileiros; 69,5% já se recuperaram. Atualmente, 743.334 pacientes estão em acompanhamento.

Painel Resolveu
Geral

EBC fica em primeiro no ranking de elogios entre instituições federais

De 1º de janeiro a 31 de julho, a administração federal recebeu 4.656 elogios de usuários de 333 instituições; EBC recebeu 417 elogios, e Ministério da Economia, 375.

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES
Economia

BNDES seleciona fundos de crédito não bancário para pequenas empresas

Com isso, BNDES busca mitigar impactos da pandemia de covid-19 na economia e, por meio de canais não bancários, ampliar crédito para pequenos empreendedores.

Dolar-Moeda estrangeira
Economia

Dólar ultrapassa R$ 5,30 e fecha no maior valor em duas semanas

Nos Estados Unidos, alta da indústria e impasse em negociações de novo pacote de estímulos pressionaram cotação. No Brasil, mercado aguarda reunião do Copom.

Praça de São Marcos - Itália
Internacional

Coronavírus pode ter contaminado seis vezes mais na Itália

Pesquisa mostra que quase 1,5 milhão de pessoas, ou 2,5% da população, desenvolveram anticorpos contra o coronavírus, um dado seis vezes maior que os números oficiais reportados.