Bolsonaro diz que “nada preocupa” em relação a Onyx

Fachin autorizou investigação de caixa dois envolvendo ministro

Publicado em 04/12/2018 - 20:46 Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou hoje (4) que “nada preocupa” em relação à abertura de um processo para apurar o suposto recebimento de doações de campanha não declaradas - caixa dois - envolvendo o ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmado para Casa Civil, e a empresa J&F, proprietária do frigorífico JBS.

 "Nada preocupa. Em havendo qualquer acusação robusta de irregularidade, estamos acertados com o ministro Moro [Sérgio Moro, que comandará o Ministério da Justiça e Segurança Pública], nós tomaremos uma providência", disse o presidente eleito durante entrevista coletiva.

O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, após reunião com Bolsonaro no Centro de Cultura Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição, em Brasília.
O futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, após reunião com Bolsonaro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição, em Brasília - Valter Campanato/Agência Brasil

Segundo Bolsonaro, qualquer providência só será tomada se houver acusações "robustas" envolvendo Onyx ou outros auxiliares.

A decisão de abrir o processo foi tomada hoje pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF). Para Bolsonaro, não há preocupação no momento. A abertura do procedimento para investigar a acusação foi uma iniciativa da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e trata-se de uma fase ainda preliminar de apuração. 

Nota

 À noite, Onyx divulgou nota em que afirma receber “com muita tranquilidade” a decisão de Fachin. De acordo com o ministro, será a oportunidade para esclarecer os fatos e a verdade de “forma definitiva”.

“Tal procedimento me dará oportunidade de esclarecer, com a verdade e de forma definitiva, perante o Poder Judiciário, as questões relativas ao fato, a exemplo do que já foi feito diante da opinião pública de meu estado e da sociedade brasileira.”

Edição: Carolina Pimentel

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias