Guedes diz que governo está recebendo apoio para as principais pautas

Publicado em 15/08/2019 - 16:17 Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil - São Paulo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que está muito confiante na sociedade brasileira e que a reforma da Previdência será aprovada.

"Continuo seguro de que estamos no caminho certo, estamos recebendo apoio para as pautas principais. A reforma da Previdência avançou bastante, está na reta final no Senado e todas as indicações são de que vamos conseguir aprovações sem mudanças substanciais. Não é o regime de capitalização, que é o ideal, mas tiramos esse fantasma que ameaçava o futuro do país", disse o ministro ao fazer um balanço hoje (15) a uma plateia de empresários e investidores nacionais e internacionais durante palestra na 20ª Conferência Anual Santander, em São Paulo.

Guedes disse que quer trabalhar a simplificação de impostos e que vai continuar com a privatização das estatais. "Eu quero vender todas, eu sei que não funciona assim, mas meu trabalho é tentar vender todas". Ele disse que o apoio do presidente Jair Bolsonaro às privatizações está aumentando. "Está havendo uma percepção crescente na equipe dele e nós vamos acelerar as privatizações", disse.

Para o ministro, a venda desses ativos não tem efeito em curto prazo, mas mudará a trajetória de despesas futuras. "Dá para reduzir o endividamento, a economia vai crescer, a dívida vai ficando estável e, como porcentagem do PIB, vai diminuindo. Tudo estamos fazendo pensando em trajetória futura, possibilitando uma forte aceleração", disse. "Estamos fazendo uma agenda de progresso, o Brasil está progredindo".

Edição: Fábio Massalli

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Avião decola no aeroporto de Congonhas.
Geral

Pista principal do Aeroporto de Congonhas é fechada para manutenção

Camada porosa de atrito é uma tecnologia nova, a mesma usada no Santos Dumont, no Rio, e permite rápido escoamento da água da chuva, aumentando a aderência dos pneus dos aviões nos pousos.

.coronavírus, pandemia, Covid-19
Saúde

Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para covid-19

Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, disse que está sendo feito o mesmo cálculo usado na vacinação contra influenza: cerca de 100 milhões de doses.

Palmeiras x Corinthians, Paulistão
Esportes

Corinthians e Palmeiras disputam hegemonia em finais do Paulistão

Decisão do título começa hoje (5) com o primeiro jogo no Itaquerão, às 21h30. Rivais estão empatados em número de taças em seis finais do estadual. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala durante a solenidade de Posse dos ministros  das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovações
Política

Bolsonaro diz a embaixador que Brasil vai ajudar o povo libanês

“O Brasil está solidário e manifestamos esse sentimento ao povo libanês. Estaremos presentes nessa ajuda àquele povo que tem alguns milhões de seus dentro do nosso país”, disse o presidente.

 A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta no Hospital da Criança de Brasília como parte do projeto Concertos da Saúde.
Geral

Orquestra Sinfônica de São Paulo e Masp apresentam série de concertos

Concertos vão combinar arte e música no auditório do Masp. Live será transmitida a partir das 20h no YouTube.

Austrália fecha fronteira estadual pela 1ª vez em 100 anos para deter coronavírus. Na foto, pessoas com trajes de proteção em Melbourne, Austrália
Internacional

Com aumento de mortes por covid-19, Austrália terá mais restrições

Segundo estado mais populoso da Austrália, Vitoria relatou crescimento recorde de 725 novos casos de covid-19, apesar de ter restabelecido o lockdown em Melbourne, a capital.