Paraty e mais 4 municípios elegem novos prefeitos

Publicado em 05/08/2019 - 10:22 Por Cristina Índio do Brasil - Repórter da Agência Brasil - Rio de Janeiro

Os eleitores de Paraty, na região da Costa Verde do Rio, foram às urnas neste domingo (4) e escolheram Luciano Vidal (MDB) como prefeito e Valdecir Ramiro, vice. Os dois concorreram pela coligação Paraty Não Pode Parar (MDB/PRB/PDT/PP/Solidariedade).

A chapa foi eleita com 9.093 votos, representando 44,29% do total. A diferença de votos da eleição suplementar para o segundo candidato, José Carlos Porto Neto, o Zezé, da coligação Experiência e Renovação (PTB/Pros), ficou em 34 votos.

Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), não foi preciso substituir nenhuma das 83 urnas utilizadas nos 30 locais de votação no município. No pleito suplementar 29.150 eleitores estavam aptos a votar, entre eles, 7.782 que não compareceram às urnas, o que representa 26,7% do total de aptos a votar. Brancos e nulos somaram 837 votos.

A eleição foi marcada para este domingo pelo TRE-RJ, após a cassação, por abuso de poder político, do prefeito Carlos José Miranda, o Casé Miranda, e do vice Luciano Vidal, ambos do MDB, confirmada em decisão unânime pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), na sessão do dia 23 de abril.

O resultado foi em resposta a um recurso do prefeito e do vice à decisão anterior do TRE-RJ, que concluiu uso irregular, pela chapa, do Programa Paraty, Minha Casa é Aqui. Com a cassação, o presidente da Câmara de Vereadores, Valceni da Silva Teixeira(DEM), assumiu o cargo de prefeito interinamente.

No sábado (3), o TRE-RJ tinha alertado que, nas eleições suplementares para prefeito e vice de Paraty, estaria vedada qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de candidatos, mas a recomendação não foi seguida. Ao longo do dia, houve duas detenções por boca de urna e uma por compra de votos.

A diplomação está marcada para o próximo dia 15. O mandato da chapa vencedora vai até o dia 31 de dezembro de 2020.

Outras votações

Além de Paraty, foram às urnas ontem eleitores de quatro municípios brasileiros para a escolha novos prefeitos. As eleições foram necessárias para substituir os escolhidos no pleito de 2016, mas que tiveram seus mandatos cassados por determinação da Justiça Eleitoral.

No município de Brasileira, no Piauí, a candidata Carmen Gean, (PP), foi a mais votada (2.848), ou seja, 51,84% do total de votos válidos. Em Itabirito (MG), Orlando Caldeira (PPS) foi eleito com 14.421 votos válidos, ou 53,87% do total.

Em Meridiano (SP), Maicon Oliveira, conhecido como Maicon Japonês (PODE), será o novo prefeito. Ele recebe 1.376 votos válidos, sendo o mais votado, com 50,98% do total.

Em Floreal (SP) Junior Garcia (PTB) obteve 1.044 votos, que representaram 57,46% do total de votos válidos.

Edição: Kleber Sampaio

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias