Maia pede MP que assegure renda em suspensão de contrato de trabalho

Medida resguardará quem tem carteira assinada no período de pandemia

Publicado em 31/03/2020 - 20:27 Por Heloísa Cristaldo - Repórter da Agência Brasil - Brasília

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou hoje (31) que esperará até quarta-feira (1º) que o governo envie ao Congresso medida provisória sobre a suspensão do contrato de trabalho. A medida é aguardada para resguardar trabalhadores com carteira assinada durante o período de pandemia do novo coronavírus.

Até o momento, apenas trabalhadores autônomos e informais estão inseridos em ações de emergência para garantia de renda mínima.

Segundo Maia, se o governo federal não enviar a proposta, a Câmara dos Deputados apresentará um texto próprio e deve votá-lo a até o fim desta semana.

“Se até amanhã de manhã o governo não encaminhar, vamos tratar do tema para votar até sexta feira. Não pode passar desta semana”, afirmou Maia. “A informação que eu tenho é que o governo encaminharia [a MP] hoje e a partir de amanhã [já poderíamos] começar a debater um projeto de deputado. [No entanto], sendo uma MP, tem efeito imediato. Será ótimo, a gente faz as mudanças. O ideal é que o governo encaminhe. Se não encaminhar, vamos iniciar a solução desse tema”, afirmou Maia.

Renda mínima

Rodrigo Maia também cobrou do governo a sanção imediata do projeto aprovado ontem pelo Senado que cria uma renda mínima de R$ 600 para trabalhadores informais por três meses em razão da pandemia. O texto aguarda sanção presidencial para entrar em vigor. Segundo Maia, essa sanção não pode demorar. Maia criticou a previsão de que esses pagamentos sejam feitos no dia 16 de abril.

“Se é um apoio emergencial, 16 de abril não parece tão emergencial para os brasileiros que precisam”, disse o deputado. “O governo tem condição, em um trabalho por mutirão, de se organizar e fazer o pagamento aos brasileiros antes de 16 de abril. Aguardar até 16 de abril não é a melhor solução.”

Segundo Maia, o valor “não vai resolver o problema, mas dá uma previsibilidade” ao trabalhador. “Temos que esperar passar os dois, três meses e, a partir daí, a economia voltar a caminhar”, acrescentou.

Chamada de “coronavoucher”, a ajuda emergencial vem para amenizar a perda de renda para algumas fatias da sociedade durante o período de isolamento, quando as oportunidades de trabalho para essas categorias estão escassas. O auxílio é voltado aos trabalhadores informais (sem carteira assinada), pessoas sem assistência social e à população que desistiu de procurar emprego.

Edição: Nádia Franco

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
.coronavírus, pandemia, Covid-19
Saúde

Secretário adianta pontos da estratégia de vacinação para covid-19

Secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia, disse que está sendo feito o mesmo cálculo usado na vacinação contra influenza: cerca de 100 milhões de doses.

Palmeiras x Corinthians, Paulistão
Esportes

Corinthians e Palmeiras disputam hegemonia em finais do Paulistão

Decisão do título começa hoje (5) com o primeiro jogo no Itaquerão, às 21h30. Rivais estão empatados em número de vitórias em seis finais do estadual. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, fala durante a solenidade de Posse dos ministros  das Comunicações e da Ciência, Tecnologia e Inovações
Política

Bolsonaro diz a embaixador que Brasil vai ajudar o povo libanês

“O Brasil está solidário e manifestamos esse sentimento ao povo libanês. Estaremos presentes nessa ajuda àquele povo que tem alguns milhões de seus dentro do nosso país”, disse o presidente.

 A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional se apresenta no Hospital da Criança de Brasília como parte do projeto Concertos da Saúde.
Geral

Orquestra Sinfônica de São Paulo e Masp apresentam série de concertos

Concertos vão combinar arte e música no auditório do Masp. Live será transmitida a partir das 20h no YouTube.

Austrália fecha fronteira estadual pela 1ª vez em 100 anos para deter coronavírus. Na foto, pessoas com trajes de proteção em Melbourne, Austrália
Internacional

Com aumento de mortes por covid-19, Austrália terá mais restrições

Segundo estado mais populoso da Austrália, Vitoria relatou crescimento recorde de 725 novos casos de covid-19, apesar de ter restabelecido o lockdown em Melbourne, a capital.

Teletrabalho, home office ou trabalho remoto.
Economia

Serviço público tem mais pessoal em trabalho remoto que setor privado

Resultados da pesquisa evidenciam desigualdade com números gerais de trabalho remoto no país com recortes também por idade, gênero, raça/cor e escolaridade, diz o Ipea.