Indígenas e quilombolas tem até sexta para pedir Bolsa Permanência

Indígenas e quilombolas podem fazer pedido até sexta

Publicado em 27/08/2018 17:55 Por Maíra Heinen - Brasília

Termina na próxima sexta-feira, 31 de agosto, o prazo para estudantes indígenas e quilombolas de instituições federais de ensino superior solicitarem a Bolsa Permanência.


O programa é um auxílio financeiro pago para estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. De acordo com o Ministério da Educação, são oferecidas 2,5 mil novas vagas.


No mês de junho, estudantes de todo o país realizaram manifestações para solicitar quantidade suficiente de bolsas. Para os alunos, o número ofertado pelo ministério é insuficiente.


Já o ministério informou que o programa está atendendo este ano aproximadamente 10 mil indígenas e quilombolas e que devem ser empenhados cerca de R$ 150 milhões para este fim.


Para ter direito ao benefício, o aluno deve ter uma renda familiar de, no máximo, um salário-mínimo e meio por pessoa, não ultrapassar dois semestres do tempo regulamentar do curso de graduação, ter assinado termo de compromisso e ter seu cadastro devidamente aprovado e mensalmente homologado pela instituição educacional.


O valor a ser pago é de, no mínimo, R$ 900. O recurso é pago diretamente ao estudante por meio de um cartão de benefício.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique