História Hoje: Em 1892, treze generais assinavam manifesto contra Floriano Peixoto

Em 1892, generais assinavam manifesto contra Floriano Peixoto

Publicado em 30/03/2017 22:09 Por Apresentação José Carlos Andrade - Brasília

31 de março de 1892. Treze generais assinam um documento contestando o governo do então presidente Floriano Peixoto e pedindo novas eleições para Presidência da República.

O manifesto foi lançado em abril. Após a divulgação do documento, Floriano determina a prisão de alguns generais e o afastamento da ativa de outros. Ele se mantém na Presidência e governa até 1894.

Sonoplastia: Messias Melo

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique