Postos de coleta de óleo são instalados no TO para evitar poluição

Postos de coleta de óleo são instalados no TO para evitar poluição

Publicado em 26/06/2017 15:14 Por Maísa Penetra - Brasília

O descuido com o descarte do óleo de cozinha causa prejuízos à natureza.


Em Palmas, para evitar esses danos ambientais foram instalados quatro postos de recolhimento de óleo. A coleta é aberta à população.


O projeto surgiu da observação de ambientalistas que operaram mutirões de limpeza em praias tocantinenses, no ano passado. Os estragos ecológicos do descarte indevido do óleo de cozinha podem ser catastróficos, especialmente para a vida aquática.


A engenheira ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Tocantins, Cínthia Barbosa, destacou que “o impacto do óleo de cozinha no meio ambiente é enorme”.


Acrescentou que “na questão dos recursos hídricos, se você lançar 1 litro de óleo na água, vai contaminar 20 mil litros. E o óleo na água cria uma fina camada que impede que os raios solares penetrem nessa água, então você desoxigena essa água. Acaba matando os peixes e a flora aquática. Na questão do solo, ele impermeabiliza o solo, impedindo que a água entre e causando enchentes”.


Os postos de coleta estão na sede e nos três anexos da Secretaria de Educação do Tocantins. Os galões de 50 litros são enviados à Fazenda da Esperança Feminina, onde é transformado em sabão, usado na limpeza do local e comercializado para manutenção da casa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique