Desmatamento da Mata Atlântica no último ano foi o menor desde 1985

Desmatamento no último ano foi o menor desde 1985

Publicado em 23/05/2019 15:23 Por Priscilla Mazenotti - Brasília

Caiu o desmatamento na Mata Atlântica.

Entre outubro de 2017 e outubro do ano passado, a redução foi de 9,3% em comparação com o mesmo período em 2016 e 2017.

É a menor área de desmatamento registrada pela série histórica do Atlas da Mata Atlântica, elaborado pela Fundação SOS Mata Atlântica e pelo INPE, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, que monitora o bioma desde 1985.

No último ano, foram destruídos 11.399 hectares, ou seja, 113 quilômetros quadrados, de área de Mata Atlântica acima de 3 hectares. No ano anterior, o desmatamento foi maior, de 12.562 hectares. Para se ter uma idéia, em 2015-2016, o desmatamento chegou a atingir 29 mil hectares!


Outra notícia é que dos 17 estados da Mata Atlântica, nove estão no nível de desmatamento zero, com desflorestamentos abaixo de 100 hectares, o que equivale a 1 km².

São os estados do Ceará, Alagoas, o Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraíba, Pernambuco, São Paulo e Sergipe.

Outros três estados – Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e Goiás - estão se aproximando desse índice.

O atlas mostra ainda que 12,4% da Mata Atlântica ainda é de floresta nativa.

São pouco mais de 16 milhões de hectares em áreas acima de 3 hectares preservados. Desses, 80% estão em áreas privadas.

Além disso, cinco estados ainda mantêm índices inaceitáveis de desmatamento: Minas Gerais, Paraná, Piauí, Bahia e Santa Catarina.
 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique