MPF e SaferNet Brasil firmam parceria para combater notícias falsas nas eleições de 2020

Parceria vai monitorar notícias falsas nas eleições de 2020

Publicado em 22/07/2020 19:09 Por Nelson Lin - São Paulo

O Ministério Público Federal firmou termo de cooperação com a organização SaferNet Brasil, para monitorar e combater as notícias falsas na internet relacionadas às eleições de 2020. De acordo com a parceria, membros do Ministério Público poderão acessar a base de dados da Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos, que reúne informações da SaferNet e de suas instituições parceiras no Brasil e exterior.

Para o Ministério Público, o trabalho conjunto vai oferecer elementos importantes para a investigação de crimes eleitorais praticados a partir da web. Como, por exemplo, na identificação de grupos que contratam terceiros para difamar ou ofender a honra de um candidato, partido ou coligação, nas redes sociais.

A SaferNet é uma associação civil de direito privado, com atuação nacional, sem fins lucrativos ou econômicos e sem vinculação político-partidária. Criada em 2005, ela já recebeu e processou mais de 4 milhões de denúncias anônimas sobre crimes cibernéticos, como pornografia infantil, fraudes, racismo, xenofobia, apologia à violência, entre outros.

A organização também desenvolve campanhas em relação à utilização adequada e segura da internet, além de ações de formação de educadores, pais, alunos, operadores do direito e atores do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e dos Adolescentes.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique