Tóquio 2020: Cowboy da paracanoagem vai enfrentar sucuris e jacarés para treinar em águas abertas

Tóquio 2020

Publicado em 09/08/2020 - 08:00 Por Juliano Justo - São Paulo

O "Cowboy de Aço" Fernando Rufino cumpre uma rotina de exercícios físicos enquanto não pode remar no Rio Paraná, no município de Itaquiraí (MS). "O bicho é grande, fundo e perigoso, tem jacarés, sucuris, piranhas. Aqui, o pau tora. Não é uma lagoinha qualquer. Eu tenho um pouco de medo. E nesse período tem bastante vento aqui na cidade", afirmou o atleta em entrevista ao repórter da Rádio Nacional, Juliano Justo.

Últimas notícias
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo
Economia

Congresso Mercado Global de Carbono fala da COP-27 em 2º dia de evento

O Congresso vai até esta sexta-feira (20), no Rio de Janeiro, debatendo e apresentando projetos e estratégias com foco na sustentabilidade.

Baixar arquivo
Geral

Estudo indica que exercícios regulares não são afetados pela poluição

Manter a forma praticando exercícios regularmente, mesmo nos ambientes poluídos das grandes metrópoles, pode gerar mais benefícios do que malefícios, é o que diz um estudo da USP.

Baixar arquivo
Geral

Duas pessoas morreram nas ruas de São Paulo após recorde de frio

Nesta madrugada os termômetros chegaram a marcar 6,6ºC, a menor dos últimos 32 anos. A sensação térmica, de acordo com informações do Centro de Gerenciamento de Emergências, era de 2ºC.

Baixar arquivo
Geral

DF tem a menor temperatura registrada de sua história com 1,4ºC

Até então, a temperatura mais baixa havia sido registrada em julho de 1975, quando a capital federal registrou 1,6ºC, recorde que foi igualado nesta quinta-feira às 5h.

Baixar arquivo