São João do Recife começa nesta quinta com corte de recursos

Publicado em 15/06/2016 - 11:27 Por Sumaia Villela, da Agência Brasil - Recife

O orçamento do São João do Recife para este ano é de R$ 4 milhões, 60% a menos que os R$ 10 milhões do ano passado. E, desse total, apenas R$ 500 mil são de recursos públicos. O restante dos R$ 4 milhões foi captado com patrocinadores privados.

 

Para garantir que a festa ocorresse mesmo com o corte de recursos, o evento precisou ser reduzido. São 41 arraiais no Recife, contra 64 de 2015. Dos três principais pólos do São João, um ficou de fora: o da Praça do Arsenal, no Recife Antigo.

 

De acordo com o presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha, essa não foi a única medida tomada para reduzir os custos.


Sonora: “Fizemos redução de datas, normalmente o Sítio da Trindade funcionava desde o início do mês até São Pedro, e agora reduzimos. Também fizemos licitações de forma antecipada. Então toda a estrutura de palco, de som, de arquibancada, tivemos redução em relação ao ano atenrior. A própria decoração a gente repetiu o projeto, então não teve custo com o projeto. Diminuiu a criação de pólos, então as contratações também foram menores, mas a gente não reduziu cachê de ninguém, também não deu aumento.”


Os artistas contratados também foram reduzidos. Em 2015, foram 300 pessoas. Este ano, segundo o presidente Diego Rocha, o total vai ficar entre 100 e 200 pessoas, contando com músicos de arraiais de comunidades, que são menores. A prefeitura aposta em nomes pernambucanos para realizar a festa.


Sonora: “A gente tem uma cultura muito grande, diversificada, que permite colocar 100% da programação local e a gente sabe que vai ser casa cheia, todos os palcos vão ter uma frequência bastante grande. A gente sempre trouxe alguns artistas que são daqui e moram fora, mas dessa vez todos são daqui, moram aqui. A gente tem artistas da Paraíba também, porque o São João de lá é forte, mas a maioria é daqui e todos estão adequados ao ritmo de São João”.


Este ano o São João do Recife homenageia dois artistas: Santanna, o cantador, e Dona Glorinha do Coco.

 

A abertura do evento ocorre no dia 16 de junho, à noite, com a Caminhada do Forró, quando cerca de 100 músicos se apresentam simultaneamente em um trajeto pelas ruas históricas do Recife.

 

A programação inclui ainda competição de quadrilhas, procissão de santos juninos e concurso de decoração de ruas do Recife.

 

A programação completa está ná página da prefeitura na internet: www.recife.pe.gov.br

Últimas notícias
Direitos Humanos

Corpo de Dom Phillips é velado em Niterói, no Rio de Janeiro

Durante o velório, um pronunciamento foi lido pela irmã do jornalista. Sian Phillips destacou os motivos que levaram Dom a ser assassinado e selou um compromisso de continuar o trabalho dele.

Baixar arquivo
Saúde

Navio hospitalar atenderá comunidades ribeirinhas do Pantanal

Até o dia 3 de julho, o Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano vai percorrer os 520 quilômetros no trecho sul do Rio Paraguai para atendimentos médicos e odontológicos.

Baixar arquivo
Educação

Covid: Fiocruz reafirma importância de manter aulas presenciais

A Fundação Oswaldo Cruz enfatiza que é necessário ter disponibilidade de testes para covid-19 na comunidade escolar e recomenda que seja dada prioridade à vacinação com doses de reforço aos trabalhadores da educação.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: a Rádio Nacional

Não é possível contar a história do rádio no Brasil, sem mencionar a Rádio Nacional. Entre os anos 1940 e 1950, a emissora foi responsável por inesquecíveis programas, formatos e profissionais de nosso rádio.

Baixar arquivo
Geral

Acidente com avião de pequeno porte deixa três mortos em SP

Um avião de pequeno porte caiu em Salto do Pirapora no interior de São Paulo. Depois da queda, a aeronave pegou fogo. Três pessoas morreram no acidente. O piloto, a esposa e uma funcionária do casal. O corpo de bombeiros foi acionado pouco antes do meio-dia e trabalhou no resgate. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Multas ambientais são convertidas em insumos para proteção de animais

São equipamentos como mesa de atendimento veterinário, ultrassonografia, terapia a laser e a construção de recintos de voo, utilizados para tratamento e reabilitação dos animais.

Baixar arquivo