Em 38 anos de história, Bienal do Livro do Rio tem a edição de maior acessibilidade

38 anos de história

Publicado em 31/08/2019 - 14:39 Por Tatiana Alves - Rio de Janeiro

A Bienal Internacional do Livro está mais acessível para pessoas com deficiências visual e auditiva. Além de visitas guiadas, a edição deste ano conta com tradução simultânea em libras para todas as sessões da programação oficial.

 

O jornalista e escritor Lucas Borba tem um canal na web voltado para pessoas que, como ele, têm deficiência visual. Ele fala das diversas formas de integração cultural que se abriram nos últimos anos na literatura.

 

Outra iniciativa voltada à inclusão é a visita de crianças que estudam no Instituto Benjamin Constant, tradicional centro voltado para cegos e deficientes visuais.

 

O grupo conhecerá o espaço infantil, durante visita, nos dias 2 e 3 de setembro. Dois guias vão apresentar à garotada o espaço por meio de audiodescrição e experiência sensorial. Na toca de leitura, serão disponibilizados livros em braile.

 

A acessibilidade também está garantida na agenda de sessões do Café Literário, da Arena Sem Filtro, do Fórum de Educação e do espaço Encontro com Autores. Em todas, profissionais vão se revezar na tradução para libras, a língua brasileira de sinais.


A Bienal Internacional do Livro acontece até 8 de setembro, no Riocentro, zona oeste carioca. Todas as informações sobre o evento estão no site www.bienaldolivro.com.br.

Últimas notícias
Direitos Humanos

Câmara aprova MP que abre crédito para doar alimentos a quilombolas

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira a medida provisória que abre crédito extraordinário de R$ 167,2 milhões para o Ministério da Cidadania distribuir cestas de alimentos à população quilombola. A matéria segue para o Senado.

Baixar arquivo
Geral

Defesa Civil de São Paulo emite alerta para ressaca marítima

São esperadas ondas de até 4 metros de altura, em todo o litoral do estado de São Paulo.  A recomendação é que os banhistas evitem a prática de esportes aquáticos ou que utilizam o vento, como surf, windsurf e kitesurf.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Defensoria Pública e Conectas denunciam violência na Cracolândia em SP

A Defensoria Pública de São Paulo e a organização não-governamental Conectas Direitos Humanos encaminharam nesta semana à Comissão Interamericana de Direitos Humanos um pedido de proteção para a população em situação de rua e de usuários de drogas que vive na chamada Cracolândia, na capital paulista.

Baixar arquivo
Política

Governo Federal deve cortar mais R$ 10 bilhões dos ministérios

E para um possível reajuste de 5% a categorias do funcionalismo público como policiais rodoviários federais e agentes penitenciários será necessário um novo corte de mais R$ 7 bilhões nas despesas. 

Baixar arquivo
Economia

Congresso debate importância do petróleo na transição energética

A redução das emissões de carbono no setor de óleo e gás foi um dos assuntos abordados nesta quinta-feira no Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização & Investimentos Verdes.

Baixar arquivo
Geral

Podcast Entrevista é Nacional: a luta contra o abuso sexual infantil

A campanha Maio Laranja é um incentivo ao combate ao abuso e à exploração sexual infantil no Brasil.  A presidente do Instituto Infância Protegida, Raquel Vieira de Andrade Oliveira, fala da importância de conscientizar toda sociedade para evitar situações que colocam as crianças em risco

Baixar arquivo