Prefeitura de SP lança editais para 100 anos da Semana de Arte Moderna

Publicado em 12/05/2021 - 16:27 Por Eliane Gonçalves - Rádio Nacional - São Paulo

São Paulo se prepara para celebrar os cem anos da Semana de Arte Moderna em 2020. A programação promete ser extensa e ainda está sendo desenhada, mas a prefeitura já lançou o edital de dois concursos. Os interessados em participar do concurso para a elaboração dos cartazes e do monumento podem acessar os editais no site da prefeitura de São Paulo. Os concursos estão abertos para artistas do país inteiro.

Um deles é para a construção de um novo monumento que vai ficar em frente a Praça das artes, no coração da cidade, o vale do Anhangabaú, pertinho do Theatro Municipal. O edital dá o norte: “a escultura deverá ter uma linguagem artística atual, sem pedestal e dialogar com o entorno”. O outro concurso é para a escolha dos cartazes que vão divulgar o evento “Modernismo 22 + 100”.

A semana de arte moderna de 1922 aconteceu em fevereiro, às vésperas do carnaval. Palco, saguões e escadarias do Theatro Municipal de São Paulo foram tomados por música, dança, palestras, recitais e exposições que chocaram a sociedade e lançaram as sementes do movimento antropofágico. S

A proposta da semana, na época, era parar de imitar o que vinha de fora e passar a engolir as influências, digerir e produzir uma arte brasileira. Jovens contestadores se transformariam em cânones, como Mário de Andrade, Tarsila do Amaral, Oswald Andrade, Anita Malfatti, Victor Brecheret.  Na música, lançou as bases do que viria a ser a música popular brasileira. Destaque para Villa Lobos e Mario de Andrade. Bem antes de escrever a história de Macunaíma, o herói sem nenhum caráter, Mario de Andrade foi professor de música. Quem conta é a professora do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, Flavia Toni.

As artes plásticas também viraram de cabeça pra baixo. Uma reviravolta que teve à frente as mãos e os olhares de mulheres, como explica a socióloga Ana Paula Simioni. Há um século, o Brasil tinha acabado de enfrentar a Gripe Espanhola a primeira guerra mundial chegava ao fim. Na época, foi a arte dos herdeiros da oligarquia do café quem provocou a ruptura. 

Edição: Raquel Rodrigues / L Pedrosa

Últimas notícias
Geral

Companhias aéreas voltam a oferecer serviço de bordo

A liberação do serviço de bordo foi possível após decisão tomada pela Anvisa no último dia 12

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo