88% das pessoas com deficiência acessam conteúdos culturais virtuais

Publicado em 14/06/2021 - 20:47 Por Daniella Longuinho, Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Uma pesquisa de opinião sobre o acesso à arte e à cultura em ambiente digital por pessoas com deficiência mostrou que 88% dessa população costuma acessar conteúdos culturais virtuais. A maioria desse grupo é formada por mulheres, entre 35 e 45 anos de idade, moradoras do Sudeste do país.

O levantamento online realizado pelo CCBB, Centro Cultural Banco do Brasil, com curadoria do Movimento WEB para Todos, foi divulgado nessa segunda-feira, em evento online, que contou com legenda ao vivo, audiodescrição e Libras, Língua Brasileira de Sinais.

Entre os entrevistados, 43% possuem deficiência visual; 25% auditiva; 17% motora; 3% cognitiva; 2% múltipla e 8% outras.

O jornalista deficiente visual Fernando Campos, responsável pela página do Youtube ‘Na visão do Cego’, comentou que os eventos culturais online trazem formas inclusivas de comunicação.

A representante da empresa social Museus Acessíveis Viviane Sarraf lembra que a tecnologia sempre foi uma grande aliada das pessoas com deficiência. E que o isolamento social imposto pela pandemia se tornou um grande exemplo para a população em geral sobre as limitações que as pessoas com deficiência enfrentam no dia a dia. 

A pesquisa também mostrou que pessoas com deficiência utilizam mais o aparelho celular do que o computador para fins culturais.

O estudo contou com a participação de 256 pessoas com deficiências diversas, de todas as regiões do país, e foi feito entre 28 de abril e 01 de junho deste ano. 

Edição: Jéssica Gonçalves/ Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo