Cem anos do rádio no Brasil: a Rádio Fluminense

Publicado em 05/08/2022 - 11:01 Por Rádio MEC - Rio de Janeiro

Há mais de 40 anos, um grupo de radialistas decidiu nadar contra a corrente do convencional na mídia brasileira.

Em 1982, Amaury Santos e Sérgio Vasconcellos, comandados por Luiz Antonio Mello, botam no ar uma nova Rádio Fluminense fm, com foco no rock e na cultura alternativa.

Na frequência de 94,9 megahertz, nascia em Niterói a chamada “maldita”, apelidada com esse nome a partir de sua postura irreverente e independente, sem se importar com a zona de conforto das rádios da época.

A rádio pioneira iniciou suas atividades na década de 1970, mas somente na próxima década que ela iria se tornar “maldita” a partir de uma série de contratações e mudanças editoriais.

A Rádio Fluminense se destacou não só por abrir espaço para a contracultura e para o rock, mas também por ir muito além de uma participação passiva do ouvinte.

Antes da internet e das redes sociais, a “maldita” já permitia que os espectadores controlassem, de certa forma, a programação. 

Alguns ouvintes chegavam até a pedir que tirassem alguma música do ar para colocar outra banda ou artista.

Não só os ouvintes, mas os artistas também tinham um espaço próprio: bandas como Legião Urbana, Paralamas do Sucesso e Kid Abelha foram tocadas na pioneira Fluminense FM antes de firmarem grandes contratos.

Tanto a “maldita”, quanto as bandas da década de 1980, fizeram parte de um fenômeno cultural que ultrapassou um contexto alternativo, se tornando mania nacional.

Além do conteúdo inovador e pioneiro da “maldita”, a Fluminense FM revolucionou o mercado através da incorporação da locução feminina em todos os programas apresentados.

A maldita durou pouco mais de 10 anos, deixando de ser uma rádio de rock em 1994.

No entanto, a Rádio Fluminense é exemplo de um veículo que ultrapassou uma relação passiva com o ouvinte, atuando com atitude e personalidade a partir de uma programação única e pioneira.

Cem anos em 100 programas

100 anos rádio no Brasil
100 anos rádio no Brasil - Arte EBC

Até 7 de setembro, a Rádio MEC vai produzir e transmitir, diariamente, interprogramas com entrevistas e pesquisas de acervo sobre diversos aspectos históricos relacionados ao veículo.

A ideia é resgatar personalidades, programas e emissoras marcantes presentes na memória afetiva dos ouvintes. Acompanhe na Radioagência.

Edição: Adriana Ribeiro / Alessandra Esteves

Últimas notícias
Direitos Humanos

Rio lança o "Ouvidoria Mulher" para vítimas de violência doméstica

O serviço, lançado nesta quarta-feira (10),  faz parte das ações do Ministério Público do Estado, para marca o mês de agosto, em que se comemora os 16 anos da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Geral

PF faz ação contra organização que fraudava planos de saúde no RJ

Os investigadores estimam que em cinco anos, a partir de 2014, a gestão de uma operadora de plano de saúde de servidores públicos causou um prejuízo da ordem de R$ 664 milhões.

Baixar arquivo
Geral

PF prende homem acusado de roubar bitcoins nos EUA

Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão; e um mandado de prisão preventiva na cidade de Imperatriz, sul do estado.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Lei em Salvador dará multa para quem intimidar mulheres na cidade

Ela estabelece sanções para quem cometer assédio contra mulheres, ou que as exponham publicamente a qualquer tipo de constrangimento, no âmbito da incidência, ou não, da Lei Maria da Penha.

Baixar arquivo
Justiça

Justiça aceita denúncia contra dona de asilo por maus-tratos

Vanessa da Silva Ferro de Souza é proprietária e administradora da casa de repouso para idosos Laço de Ouro, na zona oeste do Rio, onde um paciente da instituição morreu.

Baixar arquivo
Esportes

Etapa do Taiti define últimas vagas para Finals do Circuito de Surfe

Filipe Toledo, que lidera o ranking mundial, competirá na quarta bateria da primeira fase

Baixar arquivo