Campanha combate alto índice de assassinato de jovens negros

Publicado em 09/11/2014 - 17:59 Por Dylan Araújo - Rio de Janeiro

A expectativa de vida do brasileiro aumentou nas últimas décadas, no entanto, a esperança de viver por mais tempo não é a mesma para quem é jovem e negro no país.

 

A Anistia Internacional começou neste domingo a campanha "Jovem Negro Vivo" com apresentações artísticas e manifestos, no Aterro do Flamengo, na zona sul do Rio.

 

A dona de casa Maria de Fátima dos Santos Silva, de 55 anos, aderiu ao movimento, após perder o filho, Hugo Leonardo dos Santos, de 33 anos.

 

Ele foi baleado, em abril de 2012, durante uma operação da polícia na Rocinha, na zona oeste do Rio.

 

Apenas em 2012, 56 mil jovens entre 15 e 29 anos foram mortos, desse total, 77% eram negros.  Para o assessor de direitos humanos da Anistia Internacional, Alexandre Ciconelo, existe uma indiferença por parte da opinião pública e das autoridades quando as vítimas de homicídios são jovens, negros e moradores de áreas de risco social.

 

No Aterro, a atividade começou com a disputa conhecida como batalha do passinho. Em seguida, o público acompanhou o duelo de barbeiros e a música com os DJ Saens Peña e Flash.

Um grupo de voluntários recolheu assinaturas da plateia. O manifesto e o abaixo-assinado serão entregues aos governadores dos estados brasileiros e à Presidência da República.

Últimas notícias
Geral

Número de profissionais da indústria criativa cresce 11,7%

Segundo a Firjan, a participação da indústria criativa no Produto Interno Bruto passou de 2,6% em 2017 para 2,9% em 2020

Baixar arquivo
Economia

Julho: Infraero espera mais de 4 milhões de pessoas em 17 aeroportos

Estas férias de julho prometem gerar um movimento de passageiros nos aeroportos do país duas vezes maior que o do ano passado. 

Baixar arquivo
Geral

TSE começa a convocar mesários para as eleições

Serão convocados, preferencialmente, aqueles que tenham nível de escolaridade superior, professores e servidores da justiça.

Baixar arquivo
Política

RJ: deputado estadual é denunciado por violência política de gênero

O deputado estadual Rodrigo Amorim, do PTB, foi denunciado pela Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro por crime de violência política de gênero contra a vereadora Benny Briolly, do PSOL.

Baixar arquivo
Cultura

Arte Clube: acervo de Pier Paolo Pasolini pode ser conferido no CCBB

A exposição é composta por mais de 70 fotografias em preto e branco feitas por Pier Paolo Pasolini e Paolo Di Paolo, muitas delas inédita. 

Baixar arquivo
Esportes

Tragédia do Sarriá: menino que chorou em 82 lembra da Copa em detalhes

A tensão e o choro de José Carlos após a derrota da seleção viraram capa do Jornal da Tarde do dia seguinte e símbolo do sentimento de todos os brasileiros

Baixar arquivo