Justiça do Rio decreta prisão preventiva de ativistas

Publicado em 03/12/2014 - 18:00 Por Joana Moscatelli - Rio de Janeiro

A Justiça do Rio de Janeiro pediu nesta quarta-feira a prisão preventiva dos ativistas  Elisa Quadros Pinto, conhecida como Sininho, Igor Mendes da Silva e Karlayne Moraes da Silva Pinheiro,

 

De acordo com o juiz da Vara Criminal da Capital, Flávio Itabaiana, os três descumpriram medida cautelar ao participarem de uma susposta manifestação no dia 15 de outubro.

Últimas notícias
Geral

Comissão de juristas entrega proposta de novo Código Civil a Pacheco

O projeto propõe a alteração de mais de mil artigos do atual código e contempla temas atuais, como o direito digital. Proposta passará por ampla discussão entre os senadores para, só então, ser colocada em votação.

Baixar arquivo
Internacional

Internacional: pelo menos 50 mil soldados russos morreram na Ucrânia

A contagem foi feita pela BBC, em parceria com um grupo de mídia independente e voluntários. Do lado ucraniano, estima-se que são 31 mil mortos.
E mais: a exatos 100 dias da Olimpíada de Paris, entidades denunciam a expulsão de imigrantes da capital francesa.

Baixar arquivo
Esportes

Futebol: CBF sorteia duelos da 3ª fase da Copa do Brasil

Confira também os jogos da 2ª rodada do Brasileirão. Rádio Nacional transmite Flamengo x São Paulo, às 21h30, nesta quarta-feira (17). 

Baixar arquivo
Geral

Polícia investiga o caso da mulher que levou cadáver do tio ao banco

Funcionários do banco desconfiaram que o homem estava morto na cadeira de rodas e chamaram o SAMU, que confirmou o óbito. O caso aconteceu em Bangu, no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Povo Guató cobra espaço nas discussões sobre o Estatuto do Pantanal

Em participação numa audiência do Senado, o cacique Carlos Henrique, da aldeia Aterradinho, pediu que o estatuto tenha “um olhar mais direito à população pantaneira, que sãos os indígenas e ribeirinhos”. Os Guatós pedem que o estatuto inclua estudos antropológicos para a regularização fundiária.

Baixar arquivo
Geral

Governo retoma Conselho Nacional de Política Indigenista

O colegiado foi fechado em 2019 no governo de Jair Bolsonaro. 

Baixar arquivo