MEC vai repassar recursos para identificação de ossadas do cemitério de Perus

Cemitério de Perus

Publicado em 21/09/2018 - 20:32 Por Eliane Gonçalves - São Paulo

Em audiência de conciliação no Tribunal Regional Federal da 3ª região, o Ministério da Educação se comprometeu repassar, em outubro, 200 mil reais para o CAAF, Centro de Antropologia e Arqueologia Forense.


O centro, ligado à Unifesp, Universidade Federal de São Paulo, é responsável por identificar mais de mil ossadas encontradas em 1990, em uma vala clandestina no cemitério de Perus, na capital paulista. O cemitério foi usado durante a ditadura militar para enterrar os corpos de ativistas políticos mortos pelo regime e que hoje constam como desaparecidos políticos.


Em acordo firmado no final do ano passado, o CAAF deveria ter recebido 600 mil reais para custear a identificação das ossadas. O ministério de Direitos Humanos, a Unifesp e o MEC ficaram responsáveis pelos repasses. Até agora, apenas a Unifesp e a pasta dos direitos humanos repassaram os recursos. 200 mil cada.


Durante a audiência, a representante do MEC, Daniela Godoy, explicou que a liberação dos recursos dependia de autorização do Ministério do Planejamento e que isso deve ocorrer no mês que vem.


Segundo a Professora Raiane Assumpção, pró reitora de extensão e cultura da UNIFESP, responsável pelo CAAF, é possível cumprir o prazo para identificação das ossadas, desde que os prazos para os repasses de recursos também sejam cumpridos.

 

Das 1047 ossadas localizadas na vala, foram analisadas 100 amostras e identificado o corpo de um desaparecido político, Dimas Antônio Casemiro, dirigente do Movimento Revolucionário Tiradentes, morto em abril de 1971. Na ultima semana, foram enviadas outras 250 amostras para análise genética, a última etapa de um processo longo. Só seguem para análise as amostras que já apresentam características compatíveis, explica a professora.

 

33 famílias de desaparecidos políticos já tiveram amostras sanguíneas coletadas para comparação com os resultados da análise genética.


No dia primeiro  de outubro foi marcada uma nova reunião de conciliação. Dessa vez,  com o governo de São Paulo que se comprometeu a indicar legistas do IML do estado que pudessem ajudar no trabalho de identificação, mas até agora isso não aconteceu.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Cultura

ONU anuncia mais 175 livros infantis para Clube de Leitura ODS

A ONU tem um desafio a ser cumprido até 2030: são os objetivos do desenvolvimento sustentável. E esse assunto também deve ser conhecido pelas crianças. Foram anunciadas as 175 obras escolhidas para aumentar o Clube de Leitura dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Baixar arquivo
Esportes

Atlético-MG recebe São Paulo neste domingo no Mineirão

Atlético-MG e São Paulo precisam concentrar forças para o Campeonato Brasileiro. Galo e Tricolor passaram por dificuldades nas duas primeiras rodadas e perderam pontos que podem ser preciosos no fim da competição.

Baixar arquivo
Geral

Ministério de Direitos Humanos lança campanha contra trabalho infantil

12 de junho é o Dia Internacional e Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. No Brasil, é ilegal qualquer tipo de trabalho realizado por crianças ou adolescentes com menos de 16 anos, independentemente da finalidade ou remuneração.

Baixar arquivo
Geral

Criminoso mais procurado do Rio é morto em ação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro capturou neste sábado (12) Wellington da Silva Braga, conhecido como Ecko, chefe da maior milícia em atividade do

Baixar arquivo
Esportes

Seleção venezuelana confirma 12 casos positivos para covid-19

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que foi notificada pela Confederação Sul-americana de Futebol, a Conmebol, nessa sexta-feira (12), de que 12 integrantes da seleção venezuelana de futebol, entre

Baixar arquivo
Geral

Queiroga diz que todos os brasileiros devem ser vacinados este ano

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, assegurou neste sábado (12), que todos os brasileiros com mais de 18 anos deverão estar vacinados contra a covid-19 até o final deste ano.

Baixar arquivo